Incêndios na área do Pantanal aumentam 210% em 2020

Situação colocou o estado do Mato Grosso do Sul em situação de Emergência

Incêndios na área do Pantanal aumentam 210% em 2020

Por: Vanessa Rabello   


O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o Inpe, publicou ontem um relatório em que aponta que os incêndios na área do Pantanal aumentaram 210% em 2020 em comparação ao ano passado.   


Entre 1º de janeiro e 12 de setembro, o número de focos de calor chegou a 14.489 – contra 4.660 em 2019. Segundo dados do documento, 2020 ano com o maior índice de queimadas para o bioma em apenas um ano.    


De acordo com o Centro Nacional de Prevenção de Combate aos Incêndios Florestais, o Prevfogo, aproximadamente 15% do bioma pantaneiro foi completamente destruído com as queimadas e mais de 2 milhões de hectares foram danificados pelo fogo.   


 Um incêndio está queimando desde meados de julho no local, deixando um rastro de destruição em uma área maior que a cidade de Nova York. De acordo com biólogos, as queimadas agora estão ameaçando um dos ecossistemas de maior biodiversidades do planeta.   


O Parque Nacional Encontro das Águas é um dos pontos mais afetados das queimadas. Segundo o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, o local, que é conhecido mundialmente por abrigar uma das maiores populações de onças pintadas do mundo, teve 62% do total dos 108 mil hectares destruídos.   


Devido à situação, o Governo Federal reconheceu ontem a situação de emergência em Mato Grosso do Sul e publicou a decisão em uma edição extra do Diário Oficial da União. Com este reconhecimento, a gestão estadual poderá ter acesso a recursos da União para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e recuperação de infraestruturas públicas danificadas.   


Também no dia de ontem, a Polícia Federal deflagrou uma operação para apurar possíveis crimes ambientais no atual cenário de queimadas no Pantanal. Batizada de Matáá, a ação visou mandados de busca e apreensão em Corumbá e Campo Grandes, ambas em Mato Grosso do Sul.   


Aeronaves e embarcações fizeram parte da operação no interior do Pantanal para chegar em alguns focos das queimadas.   


Diversas instituições e voluntários trabalham para combater os incêndios e resgatar os animais feridos e precisam de ajuda através de doações, são elas:  


- SOS Pantanal - http://www.sospantanal.org.br/ 


- Pantanal Relief Fund - https://www.instagram.com/pantanal_relief_fund/ 


- Instituto Homem Pantaneiro  - https://www.institutohomempantaneiro.org.br/ 


- Sesc Pantanal  - https://www.sescpantanal.com.br 


- Ampara Silvestre - https://amparanimal.org.br/ampara-silvestre/ 


- Comitiva Esperança  - https://comitivaesperanca.com.br/

r