Plataforma apoia o turismo, arte e a cultura de artesãos e artesãs do país

Gol cria o projeto “Aproximando Distâncias” para levar renda às famílias

Plataforma apoia o turismo, arte e a cultura de artesãos e artesãs do país

Por: Vanessa Rabello 


Pensando em uma alternativa para aproximar a sociedade das comunidades que dependem do turismo, mesmo com o distanciamento social provocado pela pandemia, a Gol Linhas Aéreas criou o projeto “Aproximando Distâncias”. 


De acordo com Loriane Ricino, diretora de Marketing, Comunicação Externa, Canais Digitais e Sustentabilidade da empresa, a ação terá continuidade mesmo após a pandemia, com a loja virtual www.aproximandodistancias.com.br dedicada exclusivamente à promoção da arte e da cultura brasileira.


Inicialmente o projeto, que não tem fins lucrativos para a Companhia aérea, conta com 25 artistas que expõem e vendem sua arte. A prioridade é trazer diversidade de produtos e de regiões do país, para retratar a cultura e a arte brasileira. São desde produtores artesanais de balas de banana do Paraná até esculturas feitas de barro da Bahia. A plataforma tem espaço para inscrição de novos artistas ou artesãos e a única regra é que o produto oferecido seja artesanal e tenha ligação com a cultura do Brasil.


Maristela Mendes, produtora de bala de banana, na cidade de Antonina, no Paraná é artesã há 34 anos e conta que a receita está na terceira geração da família e que a plataforma possibilitou apresentar o produto para todo o país. “Evidencia a nossa região, traz olhos para os produtores artesanais e valoriza a cultura brasileira.”


Já na outra ponta do país, Joseano Pereira Santana, que mora em Porto de Galinhas, em Pernambuco, oferece na plataforma escultura em madeira. Há 29 anos trabalhando com o artesão, ele conta que a inspiração vem da natureza da cultura pernambucana e da arte sacra e acredita que, com o projeto, será possível levar para dentro da casa dos brasileiros a sua arte. 


São Paulo também tem representação. Silva Maeda, artesã residente da zona sul da capital oferece um doce de feijão azuki de nome “imagawayaki”, tradicional da Ásia. Há mais de 20 anos trabalhando com artesanato, herdado do avô paterno que iniciou nos anos 70, o produto que está na quarta geração da família. “A plataforma da Gol deu um “up” no negócio, neste momento em que todos estão buscando as redes sociais sem sair de casa”. 


A Companhia aérea ainda oferece no site videoaulas totalmente gratuitas que podem ser acessadas por qualquer pessoa. “Abrimos este canal também para que os clientes conheçam o trabalho dos artesãos”, afirmou a diretora. 


Ainda de acordo com Loraine, as Paneleiras de Goiabeira e Bananinhas são os produtos mais vendidos no site.


thumb-1
2
thumb-1
1
thumb-1
3
thumb-1
Design sem nome

r