O Grande Encontro: a carreira multipremiada de Elba Ramalho

A cantora Elba Ramalho se juntará novamente aos amigos Geraldo Azevedo e Alceu Valença para duas apresentações, em São Paulo, do projeto “O Grande Encontro”. Os shows serão no Espaço Unimed no sábado (27), já esgotado, e no domingo (28).

A Alpha FM tem lembrado a trajetória dos músicos. Recordamos a origem do trio, inicialmente quarteto com Zé Ramalho, e o álbum de estreia conjunto dos pernambucanos Alceu e Geraldo. É hora, portanto, de tratar da voz feminina do grupo.

A paraibana Elba está na lista das 100 maiores vozes da música brasileira, conforme o ranking elaborado pela edição brasileira da revista especializada Rolling Stone, em 2008. Ela aparece na 85ª posição, à frente de nomes como Wanderléa, Vanusa (1947-2020) e Fafá de Belém.

Em 45 anos de carreira fonográfica, Elba Ramalho vendeu mais de 10 milhões de discos. Durante essa trajetória, a cantora tornou-se, ao lado de Caetano Veloso, a terceira mais premiada da história do Prêmio da Música Brasileira (PMB). São 19 prêmios, sendo 13 de melhor cantora na categoria regional.

Além disso, recebeu nove indicações ao Grammy Latino e faturou dois prêmios entre 2005 e 2023. Em 2008, venceu com o trabalho “Qual O Assunto Que Mais Lhe Interessa?” (2007) na categoria de “Melhor Álbum Contemporâneo de Raízes Brasileiras”. Em 2009, repetiu a dose com “Balaio de Amor” (2009), mas no quesito de “Melhor Álbum de Raízes Tropicais Brasileiras”.

A última indicação ao Grammy Latino aconteceu na cerimônia do ano passado. Elba Ramalho concorreu em “Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa” com “Elba Ramalho No Maior São João Do Mundo”. Falando nele, o São João de Campina Grande-PB tem sempre como um dos principais destaques, nas últimas décadas, o show da artista.

Aliás! Dia Mundial do Livro: 10 biografias de artistas brasileiros

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados