REDES SOCIAIS


BIOGRAFIA

 

Nome completo: Luiz Maurício Pragana dos Santos

Nascimento: 4 de maio de 1953

Origem: Copacabana, Rio de Janeiro, RJ

País: Brasil

Gênero (s): pop, rock, dançante

Algumas parcerias se concretizam graças a felizes encontros casuais. Foi o que aconteceu em 1976, quando o guiarrista Lulu Santos,) conheceu seu futuro colaborador: o incomparável Nelson Motta. Antes compor clássicos como “Como Uma Onda (Zen-Surfismo)”, “Certas Coisas”, “Tudo Azul”, a dupla se conheceu por acaso. Tudo aconteceu quando Nelsinho saiu atrás de um equipamento de som, que seria usado no musical Feiticeira, estrelado por Marília Pera, no teatro Casa Grande. Foi aí que entrou em cena Lulu Santos. Na época, Lulu trabalhava como técnico de som, e acabou atuando nos bastidores da produção. Após iniciar a amizade com Motta, eles viriam a compor juntos “Tesouros da Juventude”, incluída no disco de estreia de Lulu, Tempos Modernos, de 1982.

Mas antes dessa fábrica de sucessos funcionar, Lulu percorreria um longo caminho. Primeiro, ao escapar da carreira militar – sonho de seu pai, um oficial da aeronáutica. Após começar na banda Cave Man, o fanático pelos Beatles, deixou sua casa antes de completar os estudos e aos 19 anos fazia parte do grupo Veludo Elétrico. Sua próxima banda, o Vimana, contaria com dois nomes que também se tornariam famosos no futuro: Ritchie e Lobão.

Antes de engrenar como profissional, Lulu trabalharia como crítico musical na editora Som Três. Em seguida, entraria para o grupo Unziotros e escreveria a trilha do filme Os Sete Gatinhos, de Nelson Rodrigues. Seu primeiro single foi  Gosto de Batom, ainda como Luiz Maurício. Após o encontro com Nelson Motta, Lulu começaria a longa parceria, que daria origem à primeira música: Tesouros da Juventude, sobre a morte de John Lennon. A faixa entraria no primeiro disco: Tempos Modernos (1982), ao lado de hits como “Tudo Com Você”, “De Repente, Califórnia”, “Areias Escaldantes” e “Scarlet Moon”, composta em homenagem à mulher.

Para o segundo disco, Ritmo do Momento (1983), Lulu contou com Liminha e Ronaldo Bastos nos hits “Adivinha o Que?” e “Quando um Certo Alguém”. No ano seguinte, o clássico de 1984 Tudo Azul traria participações dos Paralamas e mais uma onda de sucessos: “Certas Coisas”, “O Último Romântico”, além da faixa-título. Na sequência, Lulu continuaria com os hits “Sincero” (1985), “Casa” (1986) e “Toda Forma de Amor” (1988). Como todo grande artista, Lulu reinventaria a carreira mais uma vez na parceria com o DJ Memê em Assim Caminha a Humanidade (1993), repetido com Eu e Memê, Memê e Eu (1995).

Em 2000, seu aplaudido Acústico MTV colocaria Lulu de volta entre os mais vendidos do pop. Em anos mais recentes, ele tem se destacado como jurado do The Voice Brasil, atividade que o motivou a retomar o pop com os álbuns Luiz Mauricio (2014) e Baby Baby! (2017).

Curiosidades: Formou seu primeiro grupo aos 12 anos, com repertório dos Beatles. Iniciou carreira profissional aos 19 anos como membro do grupo Veludo Elétrico, entrando um ano depois no Vímana, que incluía Lobão na bateria, Fernando Gama no contrabaixo e Ritchie nos vocais e que gravou um compacto na Som Livre em 1977 (Zebra e Masquerade), além de participar do LP Ave noturna, de Fagner. Em 2012 começou a participar do programa The Voice como jurado e lançou o box Toca Lulu com 4 CDs em comemoração aos 30 anos de carreira. A compilação vendeu 300 mil unidades e ganhou disco de diamante em 2015.

Além de dominar a guitarra elétrica como poucos.Lulu toca muito bem violão, guitarra, gaita, baixo e ukulele.

 

MAIS ARTISTAS

Todos os artistas

r