Coldplay convida Seu Jorge para primeiro show da turnê no Brasil

Chris Martin, vocalista do Coldplay (Foto: Stephanie Hahne/Reprodução: Tenho Mais Discos Que Amigos!)

por Felipe Tellis

 

O Coldplay finalmente iniciou sua extensa turnê pelo Brasil nesta sexta-feira, dia 10. Com um show cheio de hits e a participação surpresa de Seu Jorge, a banda lotou o Estádio do Morumbi, na primeira de suas seis apresentações na capital paulista neste ano, além dos shows no Rio de Janeiro e em Curitiba, totalizando onze concertos em solo brasileiro.

Com alguns minutos de atraso, Chris Martin e seus companheiros de grupo foram anunciados por três jovens brasileiros e, logo na sequência, apareceram no telão ainda nos bastidores se direcionando ao palco. Os olhos de todos estavam voltados para o centro da grande estrutura montada no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, mas a primeira surpresa da noite aconteceu com eles surgindo já no meio do público, no final de uma extensa passarela montada no meio do gramado.

A primeira faixa do show foi “Higher Power”, que já contou com chuva de papel picado e pirotecnia, fatos que se repetiram várias vezes durante a noite. A parte visual, inclusive, é marca registrada das apresentações da banda que, como de costume, distribuiu para todos os presentes pulseiras com luzes que acendem conforme comando da própria equipe deles.

Cantando hit atrás de hit, como “Viva La Vida”, “Paradise” e “Yellow”, os meninos proporcionaram uma noite e tanto para os fãs, que ficaram surpresos com o anúncio de Seu Jorge no palco, já no bis. Ele cantou “Amiga da Minha Mulher”, enquanto a banda o acompanhava tocando os instrumentos.

Outro ponto alto da noite foi quando Chris Martin convidou ao palco uma fã chamada Anália para um dueto em “Let Somebody Go”, gravada originalmente em parceria com Selena Gomez. Cantora, a garota impressionou o público com seu talento e ainda mostrou nas redes sociais depois que ganhou o papel com o setlist do show: “só porque disseram que cantei muito bem”, escreveu ela no Instagram.

A chuva que caiu forte durante toda a tarde e chegou a preocupar os fãs da banda, deu uma trégua e apareceu tímida e em apenas alguns momentos à noite. “Eu amo a chuva”, disse em português o líder do grupo, que arriscou a se comunicar no nosso idioma algumas outras vezes. Em certo momento, ele pediu, por exemplo, para o público guardar o celular e curtir aquela música apenas com as mãos para cima, com as pulseiras brilhantes.

Aliás, antes do espetáculo começar, grandes avisos apareceram no telão pedindo a devolução do acessório no fim da noite. Na saída, mesmo com muitas pessoas trabalhando na recuperação da pulseira, parte do público não obedeceu à ordem e levou o equipamento como lembrança para casa. Segundo o Coldplay, na América do Sul, a Argentina foi o país que mais respeitou a devolução: 95% do público. No telão, eles desafiam a plateia com um ranking: “São Paulo: ???”.

Na reta final do concerto, Chris Martin fez questão de agradecer os fãs que aguardaram a remarcação da turnê em nosso país, que era para ter ocorrido no ano passado, mas foi adiada por problemas de saúde dele, e também os artistas que abriram o show, Elana Dara e Chvrches, além das equipes de segurança e alimentação. Ele também se disse grato por todos estarem ali “apesar da chuva, do trânsito e de outros problemas”.

Dançando meio desengonçado, mas extremamente feliz e provocando o mesmo sentimento nos fãs, o artista mostrou no Morumbi que a espera pelos shows do Coldplay no Brasil valeu a pena. E o melhor é que a festa está só começando. Ainda vai ter muito Colplay por aqui nos próximos dias!

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados