Erykah Badu entrega excelência em show em São Paulo

Erykah Badu (Foto: Reprodução Facebook/Nômade Festival)

por Felipe Tellis e Larissa Martin

 

Excelência foi a palavra que definiu o show da rainha do neo-soul Erykah Badu no Memorial da América Latina, neste domingo, dia 22, num evento promovido por Nômade Festival e Wehoo. Referência no mundo da música e um verdadeiro ícone, a artista norte-americana voltou ao Brasil para apresentar um show comemorativo do disco “Baduizm”, seu primeiro trabalho, lançado em fevereiro de 1997.

Com cerca de 40 minutos de atraso, Erykah Badu entrou no palco, após o show da cantora Majur, e cantou grandes sucessos como “On & On”, “Appletree” e “Time’s a Wastin”. Usando seu tradicional figurino excêntrico e um grande chapéu na cabeça, ela abusou dos agudos e da simpatia, descendo na grade do público já na reta final do show, sendo agarrada pelos fãs e pedindo para a banda parar de tocar para chamar a atenção de alguns deles, que estavam a puxando. “Eu não vou embora”, cravou, levando o público ao delírio. “Mas não me puxem”, finalizou, voltando a cantar de onde tinha parado, menos de 10 segundos depois.

Além de Majur, que cantou faixas de artistas como James Brown e Beyoncé, o evento contou também com shows de Gilsons e Larissa Luz, com participação de Anelis Assumpção.

O Memorial da América Latina contou com um público de 12 mil pessoas durante o evento. Agora, Badu segue para o Rio de Janeiro, onde tem apresentação marcada para esta terça-feira, dia 24, no Vivo Rio.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados