Primeira Sound fecha contrato de 10 anos no Brasil

Festival contará com operação estendida das linhas operadas pela ViaMobilidade

Nesta quarta-feira (08), aconteceu a coletiva de imprensa da edição de 2023 do Primavera Sound São Paulo. O Festival europeu, que contará com a sua segunda edição em São Paulo nos dias 02 e 03 de dezembro, receberá em seu line-up artistas como as bandas The Cure e Pet Shop Boys, além de grandes nomes nacionais, como a cantora Marisa Monte.

A Alpha esteve presente no evento warm up para a imprensa e convidados, que aconteceu no Cineclube Cortina, espaço aberto há pouco tempo mas já consagrado na vida noturna paulista. E, entre os destaques, as linhas operadas pela Viamobilidade (9-Esmeralda, 8-Diamante, 4-Amarela e 5-Lilás) funcionarão de forma estendida, até às 2 manhã, mesmo após o fim do festival. Segundo a empresa, também foi feita uma parceria com a concessionária de forma que trens expressos circulem partindo da estação Pinheiros até a estação Autódromo – a mais próxima do local dos shows.

De acordo com Francesca Alterio, diretora de Festivais e Marketing da Time 4 Fun, o plano operacional para o transporte público nos dias do festival ainda não está completo. Os organizadores estão conversando com o setor público, como a prefeitura, a SPTrans, o Metrô, a CPTM, e em breve mais detalhes serão revelados. “O público do Primavera Sound São Paulo é uma das comunidades que mais cresce no mundo. Tenho certeza de que qualquer Primavera Sound gostaria de ter um público assim, tão amoroso, atencioso e que vibra junto com a gente”, afirmou Alfonso Lanza, CEO

Outra revelação feita durante a coletiva é que teremos edições do Primavera na capital paulista pelos próximos 10 anos. O contrato começa a valer a partir deste ano e vai até 2033. Segundo os organizadores do evento, a proposta é expandir cada vez mais a seleção de artistas e poder apresentar novas sonoridades para quem se aventurar no Autódromo de Interlagos. O curador do festival, Pedro Antunes, comentou “A intenção do Primavera é que você ouça coisas fora da sua bolha”.

Sobre a curadoria, muito se foi falado – e observado – do selo de equidade de gênero do Primavera Sound já que o line-up equilibra artistas de raças e gêneros diferentes, buscando uma igualdade, uma das pautas mais relevantes e importantes de serem tratadas hoje em dia. A edição deste ano foi inclusive premiada com o Selo Igual do WME (Women’s Music Event). Pedro Antunes, booking da T4F falou sobre a difícil missão de chegar os nomes que irão se apresentar e convidou o público para aproveitar o Primavera na Cidade, shows que acontecem nos dias que antecedem o festival, com um clima mais intimista para que os fãs tenham uma experiência completa do evento.

Agora falando sobre a estrutura, quem esteve presente na coletiva pôde ter acesso ao mapa de como será a distribuição dos palcos no Autódromo. São 4 palcos distribuídos entre os portões 7, 8 e 9. Não é possível saber, por enquanto, a distância entre os palcos, e se a configuração será mais parecida com o Lollapalooza ou com o The Town. A novidade deste ano será o palco TNT Club, que poderá reunir até 700 pessoas ao mesmo tempo, recebendo artistas da música eletrônica, trap e rap. Além disso, o Primavera Sound será transmitido pela Rede Globo, por meio do canal Multishow e pelo streaming Globoplay. A novidade foi anunciada também durante a coletiva, que ainda levantou temas como a importância do ESG (Environmental, Social and Governance) resolvendo questões ambientais e de sustentabilidade no meio do festival. Responsável pela área de ESG da T4F, Monique Pini apresentou as iniciativas, que vão desde coleta de resíduos e consumo consciente, através da reutilização de todos os palcos e cenografias, por exemplo; passando pela parceria com o Greenpeace, que irá levar para Interlagos um DOMO para uma experiência imersiva na floresta como forma de conscientização para o público.

O Primavera Sound teve origem em Barcelona em 2001 e, atualmente, acontece em cidades como Barcelona, Porto, Buenos Aires, Bogotá e Assunção. Em São Paulo, o festival chega à sua segunda edição, sendo a primeira delas com realização da T4F.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados