75 anos de Lionel Richie: relembre 3 hits dele

Artista norte-americano dedicou mais de 50 anos de sua vida à carreira musical.

Lionel Richie completa 75 anos de puro talento e música boa nesta quinta-feira, 20 de junho.

O artista norte-americano começou sua trajetória na indústria sonora com a banda The Commodores, quando gravou diversos sucessos como “Easy” e “Sail On”. Posteriormente, já em sua carreira solo, ele acabou vendendo mais de 100 milhões de discos e conquistou o público com hits considerados atemporais, incluindo “Endless Love” com Diana Ross, “Hello” e “Truly”.

Em clima de comemoração, confira abaixo 3 hits de Lionel Richie:

“Hello” – 1983

Sucesso de 1983, “Hello” integrou o álbum “Can’t Slow Down”, que, inclusive, ganhou o prêmio de Álbum do Ano no Grammy realizado no mesmo ano.

A obra surgiu de uma frase que o ilustre cantor ficava repetindo quando via mulheres bonitas: “Oi, sou eu quem você está procurando?”. A frase pegou e ele começou a escrever músicas com esse termo – sendo fortemente incentivado por seu produtor musical.

Ademais, não há como não lembrar da canção de mesmo nome pertencente à Adele.

Em uma entrevista realizada no ano de 2017 no programa de James Corden, Lionel citou a obra da britânica, dizendo ter ficado feliz por ela ter mencionado ele em seu videoclipe.

“All Night Long” – 1983

Igualmente disponibilizada no disco “Can’t Slow Down”, “All Night Long” demorou para ser finalizada.

Para a música, a ideia do artista era trazer uma batida dançante, que empolgasse o público. Por isso, o cantor, após ficar inspirado em uma viagem ao Caribe, combinou uma produção alegre com diversidade cultural, utilizando palavras em inglês, espanhol e suaíli na letra, além de um dialeto próprio na ponte. Isso porque ele não teve tempo para contratar um tradutor que contribuísse com uma língua estrangeira

Conforme entrevista à CNN (via Songfacts), ele revelou que demorou cerca de dois meses para concluir a composição: 

“Eu simplesmente não conseguia criar o final. Eu tinha tudo, os versos, a parte do meio, tudo. Levei uma eternidade para encontrá-lo em minha mente e, finalmente, uma noite, os céus se abriram e a ideia surgiu.”

“We Are the World” – 1985 

We Are The World” mostrou que a música está longe de se limitar a batidas contagiantes e vozes gostosas de se ouvir. Composta por Lionel Richie e Michael Jackson, a composição ainda deu origem a um belo projeto, que reuniu 46 estrelas globais da indústria musical. Assim, eles se uniram por um bem maior: a fome na África.

No início deste ano, a Netflix anunciou a exibição dos bastidores desta megaprodução. Na obra, foram capturados cenas de gravação da música, que incluiu nomes como Cyndi Lauper, Bruce Springsteen, Bob Dylan, Stevie Wonder, Tina Turner, Billy Joel, entre vários outros.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados