Além de Beyoncé: confira outras três grandes regravações de “Jolene”

Cantora fez releitura do hit lançado na década de 1970 em seu novo álbum "Cowboy Carter", disponibilizado nesta sexta-feira (29)

Segundo Dolly Parton, “Jolene” é a música mais regravada de sua carreira. A faixa, que integra o álbum de mesmo nome lançado em 1974, teve inspiração numa mulher ruiva bancária, que flertou com o marido da cantora, Carl Dean. Também usou de referência uma fã que, em determinada data, subiu ao palco para pedir um autógrafo. Curiosamente, a artista compôs a canção no mesmo dia em que criou “I Will Always Love You”.

A música, por si só, é um sucesso, mas voltou aos assuntos mais comentados do momento após o lançamento do novo álbum de Beyoncé, “Cowboy Carter”, na última sexta-feira (29). Isso porque a Queen B decidiu fazer uma releitura do clássico no projeto, que sucede “Renaissance”.

Em suma, muito antes, no fim de 2020, Dolly já havia revelado a vontade de ver um cover da artista. À época, declarou para a The Big Issue:

“‘Jolene’ foi regravada mais do que qualquer outra música que eu já escrevi, mais de 400 vezes em várias línguas diferentes por diversas bandas. O White Stripes fez um trabalho sensacional com ela e várias outras pessoas também. Mas ninguém nunca conseguiu ter um verdadeiro hit. Eu sempre esperei que alguém fizesse isso algum dia, alguém como a Beyoncé.”

Ademais, fato é que, no início deste mês, o ícone do country adiantou a possibilidade de “Jolene” integrar o projeto inédito de Beyoncé. “Muita gente não percebe que Beyoncé é uma garota do interior. Ela é do Texas”, brincou na ocasião. De qualquer forma, como acabou de destacar, amou a nova versão e a exaltou em seu próprio Instagram.

Claro que, ao longo dos anos, outros artistas aceitaram o desafio de dar uma nova cara para “Jolene”. Além de Beyoncé, confira abaixo três regravações do hit que chamaram a atenção:

Miley Cyrus – 2012

White Stripes – 2009

Olivia Newton-John – 1976

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados