Bring Me The Horizon no Brasil: como deverá ser o show histórico da banda em São Paulo

Britânicos realizarão maior apresentação solo de sua carreira no Allianz Parque, no dia 30 de novembro; ingressos estão à venda

O Bring Me The Horizon vem pela quinta vez ao Brasil. No dia 30 de novembro, a banda sobe ao palco do Allianz Parque, acompanhada de outras grandes atrações: Motionless in White, Spiritbox e The Plot in You. Aliás, a venda de ingressos começou nesta terça-feira (30), pelo site da Eventim.

Em suma, o show será especial por uma série de motivos. Em primeiro lugar, será a maior apresentação solo de toda carreira da banda – desconsiderando festivais. Até então, o recorde era de uma performance realizada em 2022, no Palacio de los Deportes, no México, para cerca de 22 mil pessoas. O esperado é que, desta vez, ao menos 40 mil pessoas assistam aos britânicos.

Também marcará o primeiro compromisso do grupo por aqui após a saída do tecladista e produtor Jordan Fish. Em sua primeira passagem por território nacional, em 2011, o integrante ainda não fazia parte da formação, mas em 2016, 2019 e 2022, marcou presença. Ele ficou conhecido por participar da ascensão do BMTH ao mainstream, a partir do disco “Sempiternal” (2013).

Ademais, a banda sempre teve uma preocupação com a narrativa abordada em seus trabalhos. Agora, isso aparece ainda com mais força. Os shows mais recentes trouxeram uma grande produção de palco, relacionada ao conceito distópico da fase “Post Human” – que recebeu seu primeiro trabalho, “Survival Horror”, em 2020, e que deve ganhar a segunda parte, “Nex Gen”, neste ano.

Fogos, projeções temáticas e uma plataforma, por exemplo, compuseram o aparato. Uma intro, proferida pela personagem Eve dando boas vindas à “Post Human Experience”, também é transmitida no início. Veja abaixo:

Participações especiais

Em relação ao setlist, os admiradores esperam surpresas. Isso porque, em algumas ocasiões, o Bring Me The Horizon performou ao lado de Courtney LaPlante, vocalista do Spiritbox. Por isso, “Nihilist Blues” e “One Day the Only Butterflies Left ” com a participação especial da cantora podem aparecer no setlist. Ainda, eles têm o costume de chamar alguma atração de abertura para o palco em “Antivist”. Será possível uma parceria com Chris Motionless na capital paulista?

Claro que “Drown”, momento em que o líder Oliver Sykes desce para a plateia, e “Doomed”, uma das preferidas dos fãs, estão entre as mais esperadas. Já há até teorias de que, devido á proximidade de Oli com o país (por causa da esposa brasileira, Alissa Salls), seria possível até uma aparição de Bibi Babydoll, que viralizou com “Automotivo Bibi Fogosa”, inspirada na faixa “Can You Feel My Heart”

 

 

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados