Choro, agradecimento e spoiler: tudo o que rolou na estreia do documentário de Céline Dion

Céline Dion participou, na noite desta segunda-feira (17), da estreia de seu documentário “I Am: Céline Dion”, realizado em Nova York. Ademais, a obra chegará no catalogo do Prime Vídeo no dia 25 de junho.

Cercada de imprensa, a cantora também teve a oportunidade de rever seus fãs pela primeira vez desde 2022, quando precisou se afastar dos palcos para tratar da Síndrome da Pessoa Rígida. Assim sendo, o evento ficou marcado por muita emoção.

Já em cima do palco, Céline fez questão de agradecer as pessoas que vieram para apoiá-la. “Não acredito no quão sortuda eu sou por ter meus fãs na minha vida. Obrigada”, disse ela, em meio a lágrimas que já marcavam presença em seu rosto. “Obrigada a todos vocês por seguirem o meu coração, por fazerem parte da minha jornada. Esse filme é a minha carta de amor para cada um de vocês”, complementou.

Dion também fez questão de tranquilizar sobre seu retorno, declarando: “Eu espero ver todos vocês muito, muito, em breve”.

Contudo, este não foi o único momento em que a artista comentou sobre voltar a se apresentar ao vivo. No tapete vermelho do evento, um repórter provocou ao dizer ter ouvido falar sobre uma residência em Las Vegas. “Você ouviu certo”, rebateu ela.

Sobre o documentário de Céline Dion

Em 25 de junho, o catálogo do Prime Vídeo ganhará o documentário “I Am: Celine Dion” em seu catálogo.

A obra pretende acompanhar a ilustre artista durante seu processo de absorção do diagnóstico da Síndrome da Pessoa Rígida, bem como sua recuperação da doença.

“Sabe, não é difícil fazer um show. O difícil é cancelá-lo. Estou trabalhando duro todos os dias, mas eu tenho que admitir que é um problema. Eu sinto tanta saudade. Eu sinto falta das pessoas”, admite ela, durante um trecho do longa-metragem.

Abaixo, confira o trailer:

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados