CJ, vocalista do Firehouse, morre aos 64 anos

CJ Snare, vocalista da banda Firehouse, morreu aos 64 anos nesta sexta-feira (5). A causa da morte aconteceu em razão de um câncer colorretal que o cantor tratava nos últimos anos. Ele se submeteu a pelo menos duas cirurgias: uma em 2021 e outra em 2023.

Ademais, pelas redes sociais, a banda confirmou a morte do artista. Assim, confira, abaixo, a mensagem postada:

“Hoje é um dia triste para o Rock N Roll. É com grande tristeza que informamos ao mundo que perdemos nosso irmão: CJ Snare, o guerreiro do rock and roll, vocalista principal e membro fundador do Firehouse.

A armadilha de CJ passou inesperadamente em casa na noite de sexta-feira, 5 de abril de 2024. Ele era um jovem de 64 anos. Como todos sabem, era esperado que CJ voltasse aos palcos com a banda neste verão, após se recuperar de uma cirurgia.

Estamos todos em choque com a morte prematura de CJ. Ele foi indiscutivelmente um dos melhores talentos vocais de uma geração, viajando pelo mundo com Firehouse sem parar nos últimos 34 anos. Nossas mais sinceras condolências vão para toda a família Snare, Katherine Little, amigos e todos os nossos amados fãs em todo o mundo.

“Alcance o Céu” CJ! Sua falta será para sempre sentida pela família, amigos, fãs e companheiros de banda. Você está cantando com os anjos agora”, finaliza, assim, a nota.

Firehouse

Fundada ainda nos anos 80, Firehouse é uma banda de hard rock originada nos Estados Unidos. Aliás, o primeiro álbum de estúdio aconteceu em 1990, intitulado com o mesmo nome do grupo. Assim, mesmo novatos, eles já conquistaram reconhecimento notório na época com a ajuda dos hits “Don´t Treat Me Bad” e “Love of a Lifetime”, campeãs de execução nas rádios e também na MTV.

Leia também: “Smash”, álbum do Offspring, completa 30 anos

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados