Conheça Paula Toller, uma das principais vozes da música popular brasileira

Apesar de ser conhecida por ter participado da banda "Kid Abelha", seu sucesso veio nos trabalhos solos.

Nascida em 23 de agosto de 1962 no Rio de Janeiro, Paula Toller é considerada umas das principais vozes da música popular brasileira.

Sobretudo, seu primeiro contato com a música se deu através do trio de pop rock Kid Abelha, em 1982. Composto por Toller, George Israel e Bruno Fortunato, o grupo se consolidou no Brasil por mais de vinte anos, vendendo nove milhões de cópias por aqui com o lançamento de mais de dez discos. Aliás, entre seus sucessos, estão os hits “Lágrimas e Chuva”, “Como Eu Quero”, “Fixação” e “Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda”.

Entretanto, em 2016, a banda anunciou seu fim. Assim, Paula Toller decidiu seguir carreira solo.

Discografia 

Surpreendentemente somando mais de duas décadas como artista solo nos palcos, a cantora já criou quatro álbuns, sendo eles: “Paula Toller’, “SóNós”, “Nosso” e “Transbordada”.

Paula Toller, 1998

Seu trabalho solo de estreia não vingou muito. Isso porque o álbum consistia em regravações de outras canções já lançadas, com exceção de “Derretendo Satélites” e “Oito Anos”. Aliás, o disco foi produzido em paralelo com o trio Kid Abelha e, assim, não ganhou a divulgação necessária para cair no gosto do público.

Assim, confira as faixas de “Paula Toller”:

  • “Derretendo Satélites
  • “Fly Me to the Moon”
  • “Eu Só Quero Um Xodó”
  • “Oito Anos”
  • “Alguém Me Avisou”
  • “1800 Colinas”
  • “E o Mundo Não Se Acabou”
  • “Onde Está a Honestidade”
  • “Patience”
  • “Cantar”

SóNós, 2007

Diferentemente de seu primeiro disco, “SóNós” contou com uma produção de verdade. Lançado pela Warner Music Brasil, o trabalho se aventurou por baladas refinadas e leves pinceladas de pop folk. Aliás, o começo do império da ‘abelha rainha’ se iniciava nesta era, já que o single “Meu Amor Se Mudou pra Lua” ganhou disco de platina, pela ABPD por 100 mil cópias vendidas (de downloads pagos da música) no Brasil.

Assim, confira as faixas de “SóNós”:

  • “? (O Q é Q Eu Sou)”
  • “All Over”
  • “À Noite Sonhei Contigo”
  • “Pane de Maravilha”  Maravilhosa”
  • “If You Won’t”
  • “Meu Amor Se Mudou pra Lua”
  • “Tudo Se Perdeu”
  • “Long Way from Home”
  • “Barcelona 16”
  • “Eu Quero Ir Pra Rua”
  • “Um Primeiro Beijo”
  • “Você me Ganhou de Presente”
  • “Rústica”
  • “Glass (I’m So Brazilian)”

Nosso, 2008

Com o fim de Kid Abelha, Paula Toller finalmente pôde se dedicar de corpo e alma em sua carreira independente. Assim, surgiu “Nosso”, terceiro álbum dela. 

Ademais, este álbum consiste em um show gravado ao vivo no Rio, marcando seu primeiro projeto neste estilo e que contem um reaproveitamento de faixas dos discos passados. Assim, confira as faixas:

  • “O Que É Que Eu Sou?”
  • “Meu Amor Se Mudou pra Lua”
  • “All Over”
  • “Oito Anos”
  • “Eu Quero Ir pra Rua”
  • ‘Grand Hotel”
  • “Um Primeiro Beijo”
  • “Pane de Maravilha”
  • “Fly Me to the Moon”
  • “Saúde / Só Love”
  • “Nada por Mim”
  • “Glass”
  • “Você Me Ganhou de Presente”
  • “E o Mundo Não Se Acabou”
  • “1800 Colinas”
  • “À Noite Sonhei Contigo”
  • “Derretendo Satélites”
  • “Anoche Soñe Contigo”

Transbordada, 2014

Após seis anos de seu último lançamento, Paula Toller retorna com “Transbordada”, de 2014. Assim, procurando por novos ares, a cantora decidiu inovar e sair da caixa que limitava seu poder artístico. Aliás, em entrevisto ao portal O Globo, Toller afirmou que a criação de “Transbordada” se deu por sede de um trabalho “com muito vocal, teclado e guitarra. O contrário do que eu tinha feito antes. Estava começando a ficar com tédio do meu próprio show, que estava muito elegante. A energia roqueira, para mim, é o ideal”.

Assim, o disco veio com 10 canções inéditas, todas escritas por Toller. Contudo, são elas:

  • “Tímidos Românticos”
  • “Calmaí”
  • “Já Chegou a Hora”
  • “O Sol Desaparece”
  • “Ele Oh Ele”
  • “Seu Nome é Blá”
  • “Será Que Eu Vou Me Arrepender”
  • “À Deriva Pela Vida”
  • “Transbordada”
  • “Ohayou”

Paula Toller e a literatura

Além dos sucessos na carreira musical, Paula Toller também já escreveu um livro infanto-juvenil, intitulado “Oito Anos”. Ademais, a produção é uma adaptação da música homônima, que é uma homenagem ao filho da cantora.

Alpha FM entrevista Paula Toller

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados