É lei! Rita Lee será nome de praça no Parque Ibirapuera

Como ela desejava, Rita Lee Jones (1947-2023) será nome de praça na cidade de São Paulo. O prefeito Ricardo Nunes (MDB) sancionou o projeto de lei que incorpora o nome da artista à Praça da Paz no Parque Ibirapuera.

Assim, o local que abriga um extenso gramado, entre os portões 7 e 8, passará a se chamar “Praça da Paz – Rita Lee”. A homenagem vem pouco mais de um ano após a morte da cantora, que nos deixou em 8 de maio do ano passado.

Rita Lee morou no bairro da Vila Mariana, a poucos quilômetros do Ibirapuera, e tinha ligação afetiva com o parque, principalmente, o planetário. Paulistana, evocou a cidade em algumas canções ao longo da carreira, como em “Vírus do Amor” (1985), por exemplo, na qual cita o Ibirapuera.

Uma das autoras do projeto, a vereadora Luna Zarattini (PT) comemorou a sanção da lei. “É uma justa homenagem a Rita Lee em uma praça de um parque com tanta história e importância quanto o Parque Ibirapuera”, disse à Alpha FM. “Importante homenagearmos aqueles e aquelas que contribuiram para a cidade!”, ressaltou.

A proposta começou a andar na Câmara Municipal dias depois do falecimento de Rita. Inicialmente, o projeto propunha mudar o nome do parque para “Parque Ibirapuera – Rita Lee”. À época, fãs da cantora comentaram nas redes sociais que ela provavelmente não gostaria que ofuscassem um nome de origem indígena. No curso da tramitação no Legislativo, aconteceu a mudança.

Em 2002, durante o programa “Saia Justa”, do canal GNT, a “padroeira da liberdade” comentou que gostaria de uma homenagem póstuma. “Ah, eu quero [o nome de] uma pracinha”, disse em resposta à atriz Fernanda Young (1970-2019).

Aliás! Siga a Alpha FM para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da música, entretenimento e cultura.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados