Além de Eloy Casagrande: quatro músicos brasileiros que integraram bandas internacionais

Eloy Casagrande é um nome que ressoa nos circuitos globais da música como um dos bateristas mais talentosos e dinâmicos de sua geração. Influenciado por ícones do rock e metal como Metallica e Pantera, ele desenvolveu um estilo próprio que combina técnica apurada, velocidade e uma presença de palco magnética.

A ascensão de Casagrande para o estrelato veio em 2009, quando, aos 18 anos, foi recrutado para integrar uma de suas inspirações, o Sepultura. Aliás, carregou a pesada responsabilidade de substituir o lendário baterista Jean Dolabella e criar uma nova era para o grupo que refletiu nos álbuns que vieram a partir dali.

Inesperadamente, após anos de Sepultura, o baterista anunciou que iria deixar o grupo às vésperas do início da turnê de despedida. Desde então, surgiram diversos rumores que assumiria as baquetas do icônico Slipknot. Assim, nesta quinta-feira (25), esses boatos se tornaram realidade, com Eloy, ao que tudo indica, fazendo sua estreia num dos maiores nomes do metal internacional. 

Com a vinda dele à nova banda, o instrumentista se junta a outros brasileiros que integraram grupos internacionais. Assim sendo, hoje separamos 4 nomes nacionais que marcaram seus nomes fora do país, além de Eloy Casagrande. Confira!

Kiko Loureiro

O músico brasileiro Kiko Loureiro foi anunciado como guitarrista do Megadeth em 2015. Oito anos depois, mais precisamente no segundo semestre de 2023, o artista saiu da banda liderada por Dave Mustaine. Nacionalmente, ele ganhou destaque tocando guitarra pelo Angra, isso até migrar para o grupo dono do hit “Symphony Of Destruction”.

Mauro Refosco

Há um brasileiro entre os integrantes do Red Hot Chili Peppers. Afinal, além do quarteto principal, composto por Anthony Kieds, Flea, Chad Smith e Josh Klinghoffer, o percussionista Mauro Refosco foi contratado como músico de apoio para a turnê e gravação do CD do RHCP, “I’m With You” (2011). Aliás, ele ainda participa de algumas performances da banda.

Fabrizio Moretti

Algumas pessoas ainda não sabem, mas o baterista do The Strokes é o brasileiro Fabrizio Moretti. Agora, além de ter essa função no currículo, ele também está comandando o projeto ‘Machinegum‘. Por outro lado, essa não é a primeira aventura do músico em projetos paralelos. O Little Joy era uma parceria dele com Rodrigo Amarante (Los Hermanos). Além disso, ele também se juntou a Devendra Banhart no ‘Megapuss’.

Heitor Pereira

Heitor Teixeira Pereira, um músico originário do Brasil, é reconhecido por suas habilidades com a guitarra. Seu trajeto musical teve início em solo brasileiro, onde ganhou destaque pela maestria ao tocar violão e pela criação de composições no estilo jazz e samba. Ao longo de sua jornada, colaborou com renomados artistas como Ivan Lins e Lani Hall. Em 1988, integrou-se ao grupo Simply Red, onde exerceu o papel de guitarrista até 1996.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados