Eric Clapton não sabia que sua irmã na verdade era sua mãe; entenda!

Você sabia que até os nove anos de idade, a mulher que Eric Clapton pensava ser sua irmã era na verdade sua mãe? Hoje, vamos entender um pouco mais sobre essa história!

O nascimento do astro

A mãe de Clapton, Patricia Molly Clapton, tinha apenas 16 anos quando conheceu e posteriormente teve um breve relacionamento com o pai dele, Edward Walter Fryer. Fryer era um soldado canadense de 24 anos que serviu na Grã-Bretanha durante o final da Segunda Guerra Mundial. Para ganhar um dinheiro extra, ele tocava piano e cantava em vários clubes perto de onde trabalhava, algo que ele fazia para ganhar a vida desde os 14 anos, quando fugiu de casa. Enquanto trabalhava em Surrey em 1944, ele se apresentou em um pequeno pub em Surrey, onde conheceu Patrícia em uma noite singular. E foi neste dia que ela engravidou de Eric Clapton.

Na época em que nasceu, nos anos 40, a Grã-Bretanha vivia um período delicado em relação a crianças nascidas fora de um casamento. Além disso, uma menina de 16 anos enfrentaria diversas dificuldades para criar um filho. Assim sendo, a mãe e o padrasto de Patrícia concordaram em criar Eric como se fossem seus. Inclusive, dizendo-lhe que ele era o filho deles e que sua ‘verdadeira mãe’ era sua irmã.

Embora o sobrenome do padrasto de Patricia fosse diferente do dela (Clapp em vez de Clapton) e isso pudesse alertar as pessoas de que Eric não era filho de seus avós, o jovem recebeu o sobrenome de sua mãe verdadeira (Clapton). Visto que era o sobrenome do verdadeiro pai de Patrícia, Reginald Cecil Clapton, de quem sua mãe se separou e posteriormente se casou com Jack Clapp.

Eric Clapton descobre a verdade

Quando Eric Clapton ainda era criança, sua mãe verdadeira casou-se com outro militar canadense, Frank MacDonald. Desde então, se mudou com ele para o Canadá e, por um tempo, para a Alemanha. Embora já tivesse idade suficiente para criar Eric e, na verdade, já tendo outros filhos logo após se casar, ela ainda optou por não criá-lo e continuou a desempenhar o papel de irmã. Foi só aos nove anos de idade, quando sua mãe apareceu para uma visita, trazendo com ela seu meio-irmão de seis anos, que Clapton ouviu a verdade por sua avó. Mesmo depois de conhecer a história, ele ainda permaneceu com os avós, deixando ele e sua mãe verdadeira ainda desempenhando o papel de irmãos.

Clapton nunca conheceu seu pai, pois Fryer morreu de leucemia em 1985, muito antes dele descobrir qualquer coisa sobre. Por fim, só em 2007, graças ao jornalista de Montreal Michael Woloschuk que localizou Fryer e sua família, que Clapton aprendeu mais sobre seu progenitor, inclusive que ele era um músico viajante que tocava piano e saxofone. Seu pai também se casou várias vezes durante suas viagens e teve outros filhos. Aliás, imaginam também que seu pai nunca soube que ele tinha um filho músico famoso, ou, pelo menos, nunca mencionou isso a amigos e familiares.

Aliás, siga a Alpha FM para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da música, entretenimento e cultura.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados