Guns ‘N Roses, Lauryn Hill e mais: veja incluídos no Hall da Fama do Grammy 2024

Ao todo, mais de mil produções musicais já foram homenageadas.

O famoso Hall da Fama do Grammy 2024 acaba de receber novas estrelas. Assim, nesta quarta-feira (20) dez gravações (álbuns e singles) foram incluídas após um período de dois anos em que o Hall passou para reavaliação.

Aliás, esta classe será saudada na inauguração em 21 de maio, no NOVO Theater, em Los Angeles.

Seguindo seu tradicional roteiro, as novidades se misturam em diferentes estilos musicais, mas possuem similaridades por desempenharem um papel fundamental na indústria, bem como na criação de subgêneros.

Ademais, os homenageados também representam o sucesso comercial tão buscado pelo nicho, incluindo álbuns certificados com Diamante e boas posições na Billboard Hot 100.

Assim, veja lista completa das gravações indicadas ao Hall da Fama do Grammy 2024:

3 FEET HIGH AND RISING”, álbum
De La Soul
Gravadora: Tommy Boy (1989)

APPETITE FOR DESTRUCTION”, álbum
Guns N’ Roses
Gravadora: Geffen (1987)

BUENA VISTA SOCIAL CLUB”, álbum
Buena Vista Social Club
Gravadora: World Circuit/Nonesuch (1997)

I FEEL LOVE”, single
Donna Summer
Gravadora: Casablanca (1977)

KISS AN ANGEL GOOD MORNIN”, single
Charley Pride
Gravadora: RCA Victor (1971)

LET’S HAVE A PARTY”, single
Wanda Jackson
Gravadora: Capitol (1960)

THE MISEDUCATION OF LAURYN HILL”, álbum
Lauryn Hill
Gravadora: Ruffhouse/Columbia (1998)

ORY’S CREOLE TROMBONE”, single
Kid Ory’s Creole Orchestra (As Spike’s Seven Pods of Pepper Orchestra)
Gravadora: Nordskog (1922)

WHAT A FOOL BELIEVES”, single
The Doobie Brothers
Gravadora: Warner Bros. (1978)

YOU DON’T MISS YOUR WATER”, single
William Bell
Gravadora: Stax (1961)

Sobre o Hall da Fama do Grammy

O Hall da Fama do Grammy surgiu em 1973 para homenagear gravações lançadas antes do início da cerimônia musical, em 1958. Contudo, a elegibilidade logo precisou ser alterada para permitir a entrada de qualquer gravação lançada há pelo menos 25 anos.

Assim, contando com os 10 homenageados deste ano, ele inclui 1.152 gravações ao todo.

Outros nomes que já foram homenageados

Aliás, em 2018, alguns representantes do rock receberam a honraria na 60ª edição do Grammy (em janeiro no Madison Square Garden, Nova York). Assim, são eles: Rolling Stones com o single “Paint it, Black” (1966); Nirvana com a coletânia “Nevermind” (1991); Aerosmith com o single “Dream On” (1973); Queen com o álbum “A Night at the Opera” (1975); David Bowie como single “Space Oddity” (1969); Jimi Hendrix com o disco “Band of Gypsys” (1970), e; Johnny Cash como álbum “Johnny Cash at Folsom Prison” (1968).

Sobretudo, leia também: Ed Sheeran só virou músico por causa de Eric Clapton; entenda

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados