Lilia Schwarcz toma posse na ABL: “estudo o Brasil que temos, mas sonho sempre com país melhor”

A historiadora, antropóloga e escritora Lilia Schwarcz, 66, tornou-se oficialmente uma “imortal” da Academia Brasileira de Letras. A cerimônia de posse aconteceu na noite desta sexta-feira (14) na sede da ABL, no Rio de Janeiro.

Vencedora por várias vezes do Prêmio Jabuti, o principal da literatura brasileira, Schwarcz passa a ocupar a cadeira nº 9 da Academia. O posto ficou vago após a morte do diplomata e historiador Alberto da Costa e Silva (1931-2023), em novembro do ano passado.

A professora da Universidade de São Paulo e cofundadora da Companhia das Letras havia sido eleita, em 7 de março, com 24 dos 38 votos. Lilia Schwarcz é apenas a 11ª mulher dentre mais de 300 acadêmicos a vestir o conhecido fardão. Hoje, são cinco dentre 40 integrantes.

“A real democracia desse país pede equidade de gênero”, afirmou durante o discurso de posse, citando Rosiska Darcy de Oliveira, agora colega de ABL, a quem chamou de “madrinha”. Além disso, classificou como “segundo pai, afetivo e intelectual” seu antecessor na cadeira nº 9, o já mencionado Alberto da Costa e Silva.

Aliás! Siga a Alpha FM para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da música, entretenimento e cultura.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados