Morre T.M. Stevens, baixista do Vai e Pretenders, aos 72 anos

A informação foi confirmada pela Bass Player, bem como pelo guitarrista Stevie Salas.

Thomas Michael Stevens, ou T.M. Stevens como era mais conhecido, morreu aos 72 anos neste domingo (10). A informação foi confirmada pela Bass Player, bem como pelo guitarrista Stevie Salas, com quem tocou no passado. No entanto, a causa da morte não foi revelada.

Stevens vinha sofrendo com demência há algum tempo e morava numa casa de repouso, segundo divulgado pelo amigo e artista Ronny Drayton no ano de 2017. Seu destaque e legado na música aconteceu como integrante do The Pretenders, além da banda Vai (formada por Steve Vai).

Posteriormente, Stevens passou a se dedicar ao próprio material com ajuda do grupo de apoio “Out of Control”. Assim, lançou dois álbuns, intitulados “Boom” (1995) e “Sticky Wicked” (1996). Ele continuou optando por seguir em carreira solo desde então.

Seu álbum mais recente se deu com “Africans in the Snow”, lançado em 2007. Aliás, também acabou creditado em algumas das faixas presentes no álbum “Brothers in Arms”, de 2008, do Temple of Soul. Entretanto, este é apenas um exemplo de suas várias colaborações com outros artistas grandes. Alguns exemplos são: James Brown, Miles Davis, Steve Vai, Cindy Lauper, Billy Joel e Tina Turner.

Vale lembrar que T.M. Stevens também já deixou suas digitais pelo Brasil, quando veio para cá em 2010. Na época, seu nome estava como uma das atrações principais do festival Rio das Ostras Jazz e Blues, ocorrido no Rio de Janeiro. Cerca de quarenta mil pessoas se fizeram presentes no evento e tiveram a honra de prestigiar o músico  ao vivo e em cores.

Leia também: Blink-182 desembarca, pela primeira vez, na América do Sul para agenda de shows

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados