Suposto show de Madonna aumenta procura na hotelaria

Os rumores de um show de Madonna na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, já causaram um impacto significativo na cidade. Ainda que a Rainha do Pop não tenha confirmado oficialmente, os fãs demonstram-se ansiosos e os hotéis com preços inflacionados.

Mesmo sem a confirmação oficial, muitos já se mobilizaram. Alguns compraram passagens aéreas, reservaram hotéis e até alugaram barcos para assistir ao show do mar. Além disso, hotéis em Copacabana registraram um aumento de até 300% nos preços das diárias para 4 de maio, o período do possível show. O Selina, por exemplo, com diárias que vão de R$ 336 a R$ 420 normalmente, cobrará R$ 1.300 pela diária da sexta-feira, 3 de maio, e R$ 1.500 pela diária do sábado.

Luis Gustavo, professor de Goiás, afirmou: “Eu não resisti e comprei a passagem, corri atrás da hospedagem, fiz no impulso. Tô muito ansioso porque é um show que eu aguardo, vai entrar para a história”. Já o empresário Rodrigo Plank garantiu duas pré-reservas de barcos para clientes que querem assistir ao show do mar. “Eu acredito que a Madonna tem esse poder! Estão dizendo que vai ser o maior show dela, tomara que seja um sucesso e que a gente consiga alugar vários barcos e atender o pessoal e agradar a expectativas”, revelou Rodrigo.

Divisão de opiniões

No entanto, nem todos estão felizes com a vinda de Madonna à cidade maravilhosa. A Associação de Moradores de Copacabana (Amacopa) entrou com uma ação na Justiça para impedir a realização do evento, alegando falta de estrutura no bairro e possíveis impactos negativos.

Em meio a todos os burburinhos, uma coisa é certa: a expectativa pelo show de Madonna é enorme, tanto entre os fãs da cantora quanto entre os moradores de Copacabana. Resta saber se a euforia dos fãs vai superar os desafios e obstáculos que ainda se apresentam.

Leia também: Blink-182 desembarca, pela primeira vez, na América do Sul para agenda de shows

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados