Wandeko Pipoca, primeiro Bozo do Brasil, morre aos 73 anos

Wanderley Tribeck, mais conhecido como Wandeko Pipoca, morreu aos 73 anos em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, na noite de terça-feira (18). Ele ficou marcado como o primeiro intérprete do palhaço Bozo no Brasil.

Sobre a morte, Wanderley passou mal pela manhã e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Depois, foi levado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, mas não resistiu e morreu por volta das 23h.

O falecimento foi confirmado pelo filho Wanderley Tribeck Júnior, que escreveu, pelas redes sociais:

“Hoje é o dia mais triste da minha vida, perdi meu pai, meu melhor amigo, minha referência. Pai obrigado por tudo. Ainda não acredito que você se foi. Falei com o senhor ontem à noite, vai ser duro não poder te ligar mais. A dor é gigante. Meu Deus olhe por mim, pois preciso de força para criar minhas 2 filhas. Adeus papai, te amarei para sempre de todo meu coração”.

O velório do artista, aliás, ocorrerá na Central de Luto em Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, informou a família (via G1).

Wandeko Pipoca, o primeiro Bozo do Brasil

Wandeko Pipoca atuou como o palhaço Bozo entre os anos de de 1980 a 1985. Ele se apresentava no SBT e conseguiu, com sua alegria, animar os dias dos telespectadores.

A interpretação, aliás, marcou tanto sua vida que ele lançou, em 2023, uma autobiografia, intitulada “Da Morte para a Vida”. Na obra, ele se propôs a contar sua jornada artística até o encontro com a religião.

Atualmente, atuava como pastor.

Aliás, siga a Alpha FM para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da música, entretenimento e cultura.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados