5 Dicas para se concentrar melhor no trabalho

Quando você está em uma reunião ou videoconferência você se dispersa e perde partes importantes do que foi falado? Você atrasa entregas por não conseguir ser produtivo como poderia? Acha difícil focar a atenção nas atividades? Precisa ler um texto várias vezes para assimilar o seu conteúdo? Sua cabeça viaja e pensamentos alienígenas invadem a sua mente? Se você respondeu sim a uma ou mais perguntas, você pode estar com dificuldades de concentração, ou seja, falta de foco e de atenção diante de uma atividade ou situação.

A dificuldade de concentração pode ter inúmeras causas e este problema tem sido cada vez mais comum. Por um lado, ela pode ser considerada “normal”: vivemos em um mundo cheio de estímulos que nos distraem, as demandas são inúmeras e por vezes temos de realizar atividades enfadonhas, que não gostamos ou queremos evitar. Distrações com o celular, como checar frequentemente redes sociais, o som de notificações e verificar e-mails a cada 5 minutos prejudicam a qualidade da atenção. Mas… quando se preocupar?

Se a dificuldade de concentração ocorre com frequência, prejudica o desempenho e colegas de trabalho já começaram a notar, é importante entender o que está acontecendo e fazer algo a respeito. Além de ser incômodo, esse problema pode impactar negativamente nas entregas do trabalho, dificultar o atingimento de metas, prejudicar a reputação e até atrasar a tão sonhada promoção.

Embora possam ter doenças ou distúrbios orgânicos por trás, o mais comum é que a dificuldade de concentração frequente esteja ligada a outros fatores, como:

✔ O estresse crônico e excessivo e o cansaço mental, por exemplo, afetam processos cognitivos como a memória e a atenção.

✔ Dormir mal ou pouco, distúrbios de sono como insônia, apneia e bruxismo afetam o humor, a qualidade de vida e prejudicam a capacidade de ficarmos atentos ao presente.

✔ A ansiedade acelera a mente e enche a nossa cabeça de pensamentos que nos distraem do Aqui e Agora.

✔ Problemas pessoais ou preocupações podem fazer com que a mente direcione a atenção para o que parece mais urgente.

✔ Excesso de atividades ou querer fazer várias tarefas ao mesmo tempo faz com que não foquemos em nenhuma, além de demandar tempo na retomada do raciocínio.

Então, o que fazer? Eu vou te dar 5 dicas para te ajudar com isso.

1. Defina prioridades, passos e prazos realistas

Organize a sua agenda e atividades do dia e da semana. Faça uma lista com o que é mais importante, o que é urgente e defina passos e prazos realistas.

2. Faça uma coisa por vez

Fique atento e não caia na tentação de fazer várias coisas ao mesmo tempo! Fazer uma coisa por vez será muito mais produtivo e menos cansativo. Traduzindo: se estiver conversando, converse; se estiver escrevendo um relatório, escreva esse relatório; se estiver assistindo a uma apresentação, ouça-a.

3. Faça pequenas pausas ao longo do dia

Preste atenção ao seu estado emocional e aos sinais de cansaço do seu corpo e mente. Eles precisam ser respeitados. Fazer pequenas pausas durante o dia, se levantar, olhar pela janela pode ser revigorante.

4. Desista, não insista!

Se estiver muito difícil se concentrar em uma atividade e for possível, mude de tarefa ou saia da situação por alguns minutos. Caminhe um pouco, tome uma água e quando se sentir mais tranquilo retome o que estava fazendo.

5. Desacelere Corpo e Mente

A mente acelerada e a ansiedade afetam nossa capacidade de focar. Aprender a desacelerar e se acalmar é fundamental. Feche os olhos e apenas preste atenção à sua respiração, acompanhando o ar que entra e sai de você. Provavelmente a sua mente irá se distrair da respiração e, ao perceber isto, apenas volte gentilmente o foco da atenção à respiração, quantas vezes forem necessárias. Faça este exercício por 1 ou mais minutos, algumas vezes ao dia. Além de ajudar no momento presente, irá treinar a sua mente para perceber quando ela se distrai e voltar ao foco mais rápido.

O autoconhecimento é fundamental na vida. Se perceber que a sua dificuldade está ligada ao estresse e ansiedade, procure ajuda de um psicólogo/psicóloga. Como foi dito, questões emocionais podem interferir em nossos processos cognitivos, sendo importante acolher e trabalhar isso para que você sofra menos e os seus planos e objetivos na vida sejam alcançados. Por fim, se colegas de trabalho também se sentem cansados, sobrecarregados ou com dificuldades semelhantes às suas, é provável que haja questões internas à empresa que precisam ser compreendidas e revistas. Que tal levar isto à chefia da sua área ou ao RH da sua empresa?

Por: Rosalina de Jesus Moura

Psicóloga, Terapeuta, Coach, Consultora de Empresas e Palestrante.

CRP 06/41867-1

Instagram: @rosalinamoura_psicologa

www.rumosaudavel.com.br

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados