“A manutenção de um estilo de vida saudável evita a diabetes”, afirma Marcelo Cantarelli

A diabetes é uma doença metabólica que aumenta os níveis de açúcar no sangue. Isso ocorre porque a insulina, que é o hormônio que transporta a glicose do sangue para o interior das células, não é produzida, deixando que o açúcar fique acumulado no sangue ao invés de ser eliminado pelo corpo.

Em entrevista para a Alpha, o Dr. Marcelo Cantarelli, especialista em cardiologia pela UNIFESP e membro titular na área de atuação de Cardiologia Intervencionista pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica, comentou alguns pontos sobre o tema. Confira: 

Quais são os primeiros sintomas da diabetes?

Os primeiros sintomas são: a pessoa passar a urinar com maior frequência e em maior quantidade, passa a ter mais sede e fome e a perder peso. Visão embaçada, tonturas, fraqueza e facilidade para pegar infecções podem aparecer.

E em crianças?

Nas crianças, além desses sintomas mencionados, um comprometimento do crescimento pode ser notado.

Com que periodicidade uma pessoa saudável deve realizar a glicemia para identificar precocemente o diabetes?

É recomendado que pelo menos uma vez por ano, uma pessoa faça o exame do diabetes.

A diabetes tem cura? Pode ser evitada?

Não tem cura mas pode ser bem controlada. O diabetes tipo 2 pode ser evitado com a manutenção de um estilo de vida saudável, com alimentação e peso adequados e atividade física frequente.

Quais as principais diferenças entre diabetes tipo1 e tipo 2?

O tipo 1 decorre da dificuldade do pâncreas produzir insulina e é o mais frequente na infância e adolescência. O tipo 2 ocorre em 90% dos casos e aparece geralmente na fase adulta devido a dificuldade da insulina ser aproveitada pelas células e está diretamente relacionado a obesidade, sedentarismo e alimentação rica em açúcares e gorduras.

Como saber se uma pessoa é portadora de diabetes tipo 1 ou tipo 2?

 O tipo 1 ocorre mais em crianças e jovens, apresentam sintomas mais exuberantes quando aparece e aos exames de sangue encontramos uma taça de glicose alta com insulina baixa. O tipo 2 tem sintomas menos pronunciados, aparece na fase adulta, principalmente em indivíduos obesos, sedentários e com alimentação com excesso de açúcares e gorduras. Geralmente no exame de sangue, além da glicose, a taxa de insulina pode estar elevada.

Com que periodicidade uma pessoa saudável deve realizar a glicemia para identificar o diabetes?

Pelo menos uma vez ao ano.

Quais alimentos causam diabetes?

Os alimentos não causam diabetes. Como o diabetes tipo 2 está relacionado com a obesidade, gordura abdominal, distúrbios dos triglicérides e do colesterol, uma dieta rica em gorduras e açúcares ( carboidratos) só irá agravar a doença. No tipo 1, como a produção de insulina está reduzida ou ausente, ingerir açúcares em excesso podem desencadear graves crises secundárias a hiperglicemia podendo levar ao coma.

Entrevista realizada em parceria com Saúde Minuto.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados