Áudio multidimensional em 8D causa sensação de movimento do som

Por: Nicole Defillo

Você já ouviu ou sabe o que são as músicas em 8D? Elas são áudios multidimensionais que utilizam diferentes técnicas de edição e efeitos, nos canais originais da gravação, para causar a sensação de que os sons estão sendo reproduzidos de diversas direções ao nosso redor. E, tudo isso tem um objetivo que há anos atrás era inimaginável: sentir os sons.

A técnica foi desenvolvida pelo engenheiro argentino Hugo Zuccarelli na década de 1980, contudo somente em 2020 esse método tem se tornado uma super tendência 360 no audiovisual e nos jogos de realidade aumentada. Por isso, é possível encontrar áudios em 8D em vários canais do Youtube e também em outros de streamings, como Spotify e Apple Music. 

Um ótimo exemplo é a banda inglesa Pink Floyd, que é considerada como a primeira banda a  utilizar a técnica 8D, lá  em 1983, ao lançar o disco 'The Final Cut', em parceria com Zuccarelli. Hoje em dia, a cantora e compositora norte-americana Billie Eilish, também utiliza uma evolução do som, porém suas músicas são mixadas no formato 24D.

Existem recomendações para escutar essas músicas?

A resposta é sim! Para poder desfrutar de uma experiência completa e única com o 8D, é necessário o uso de fones de ouvido, uma vez que eles reproduzem os sons com maior detalhe e ainda possibilitam a identificação do movimento do som. 

A melhor parte dessa novidade é que não é necessário nenhum investimento maior do que os fones de ouvidos que comuns, que acompanham com os smartphones quando adquirimos os aparelhos celulares. Então, que tal ter essa experiência agora? 

Dê play no vídeo abaixo, e descubra um novo jeito de escutar música!

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados