Conheça os benefícios dermatológicos do óleo de coco

Nos últimos anos, o óleo de coco ganhou fama e popularidade entre os influencers mais fitness e que falam sobre wellness, por ser considerado como uma gordura boa e proporcionar benefícios para o organismo de uma maneira mais completa. Mas você sabe quais são os seus benefícios dermatológicos?

Composição

Antes de falar sobre os benefícios, é necessário que entendamos a sua composição e produção. Extraído da polpa do coco fresco e maduro, esse óleo vegetal é formado basicamente por gorduras, sendo mais de 80% ácidos graxos saturados.

Por ser um produto natural, a dica é o Óleo de Coco Extravirgem Copra, que é zero gordura trans, não hidrogenado e não refinado. Além disso, ele também possui em sua composição uma predominância de gorduras boas que facilitam a digestão e absorção pelo nosso corpo.

Propriedade antibacterianas e anti-inflamatórias 

De acordo com um estudo da Universidade de Michigan, o ácido láurico, um dos componentes mais famosos do óleo de coco, é um dos elementos nutricionais mais eficazes no combate a bactérias. Além disso, o ácido cáprico – outra substância encontrada no óleo de coco – também apresentou propriedades antimicrobianas potentes, sendo capaz de impedir o crescimento e desenvolvimento de certos tipos de fungos. 

Por esse motivo, muitas pessoas, orientadas por dermatologistas, acabam usando o óleo de coco para combater micoses e outros fungos causadores de infecções na pele. 

Além de ser antibacteriano, ele também pode ser considerado como um anti-inflamatório natural. Segundo uma pesquisa da National Institutes of Health, o óleo de coco apresenta propriedades que combatem inflamações na pele, como dermatites, e alivia as dores causadas por essas lesões cutâneas. 

Funções hidratantes

De acordo com uma pesquisa feita pelo Departamento de Dermatologia do Makati Medical Center, nas Filipinas, o óleo de coco é tão eficaz e seguro para a hidratação da pele quanto o óleo mineral, extraído do petróleo. 

Além disso, por possuir essa propriedade, o composto é muito eficaz no tratamento da eczema – uma irritação que pode causar diferentes tipos de machucados. Durante os tratamentos analisados na pesquisa, os especialistas perceberam que o óleo de coco preserva a barreira natural da pele, promove a cicatrização e a integridade do tecido cutâneo. 

Acnes x óleo de coco

Segundo um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, o ácido láurico presente na composição do óleo, pode eliminar a Propionibacterium acnes, sendo ela um tipo de bactéria que leva ao aparecimento de espinhas inflamatórias. 

Apesar de todos esses benefícios, o ideal é que antes de iniciar o uso do óleo, o paciente converse com um dermatologista sobre o assunto.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados