Descubra 6 passos para aprender a lidar com o estresse

O estresse faz parte da vida e em doses adequadas ele é útil e positivo: aumenta a nossa motivação, nos impulsiona a sair da zona de conforto e nos ajuda a lidar com os desafios da vida.

No entanto, em algumas fases e situações da vida podemos ficar expostos a altos níveis de estresse por muito tempo, como é o caso do que estamos vivendo com a pandemia.

Essas fases demandam adaptações e mudanças que desafiam as nossas capacidades e preocupam, pois o estresse excessivo pode ter impactos negativos na saúde física e mental, na vida profissional, familiar e nos relacionamentos.

Um estudo realizado nos EUA pela Harvard Business School aponta que 80% das consultas médicas estão relacionadas ao estresse excessivo.

Inúmeras pesquisas revelam ainda que ele está associado a doenças como diabetes, hipertensão arterial, infartos, depressão, Síndrome do Pânico, Transtorno de Ansiedade, entre outras.

Muitas situações geram estresse, como excesso de atividades e demandas, conflitos em relacionamentos, responsabilidade sobre vidas, dificuldades e insatisfações no trabalho, trânsito, problemas financeiros, dificuldades em respeitar os próprios limites e outras. Sendo assim, precisamos aprender a gerenciá-lo para aproveitarmos o seu lado bom e evitar que ele nos prejudique.

Ampliar a autoconsciência, se cuidar física e emocionalmente com práticas de alimentação saudável, atividade física, boa qualidade do sono, tempo para atividades prazerosas e meditação são aspectos fundamentais que nos equilibra e contribuem para lidarmos melhor com os desafios da vida.

Além disto, precisamos descobrir o que nos tira do eixo, o que mais gera estresse na nossa vida e o que pode ser feito para lidarmos com esses estressores.

Os 6 PASSOS a seguir vão te ajudar com isso, experimente colocar em prática.

  1. IDENTIFIQUE

O que te estressa atualmente? Liste aquilo que mais te perturba, preocupa, aumenta a ansiedade, causa tensão, nervosismo ou irritação.

  1. REFLITA

Como você tem reagido e lidado com cada uma dessas situações? O que tem feito (ou não tem feito)?

  1. AVALIE

As suas ações e reações (concretas ou subjetivas) têm contribuído efetivamente para resolver o problema ou diminuir o nível de estresse?

  1. FAÇA UM BRAINSTORMING

Pense em alternativas e novas possibilidades para lidar com o que está acontecendo de uma forma diferente e mais eficiente!

  1. TESTE E FAÇA DIFERENTE

Coloque em prática as principais ações que você listou e analise os efeitos e resultados.

  1. FORME TIMES

Quem são as pessoas que podem te ajudar a lidar com cada dificuldade ou desafio listado no item 1? Suporte e apoio social fazem uma enorme diferença!

Mesmo que você descubra que não pode ter ações diretas sobre as situações estressantes, existe algo que está ao seu alcance: mudar a forma de encarar e enxergar o que está acontecendo!

E por fim, lembre-se: alguns desafios da vida podem ser grandes e complexos, mas são grandes oportunidades de aprendizado e crescimento!

 

Por Rosalina Moura, psicóloga, em parceira com o Saúde Minuto

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados