Dia Mundial sem Carro: Explore SP usando o metrô

Neste dia 22 de setembro, é celebrado o Dia Mundial sem Carro e, nada como aproveitar a data para conhecer alguns locais culturais da capital paulista que podem ser visitados usando o transporte público. São inúmeros os pontos turísticos que podem ser explorados e uma boa dica é usar o Metrô da cidade para esse passeio. 

Pensando nisso, listamos alguns centros culturais de São Paulo que ficam próximos a estações de metrô. Confira: 

Centro Histórico

O que conhecer: Mercadão, Rua 25 de Março, Farol Santander, Edifício Martinelli, Centro Cultural Banco do Brasil, Theatro Municipal, Galeria do Rock.

Estações: São Bento/Linha 1 – Azul; Sé/Linha 1 – Azul e Linha 2 – Vermelha; Anhangabaú/Linha 2 – Vermelha

A região do Centro Histórico de São Paulo atrai visitantes de todos os lugares, pela boa comida, o ambiente e, claro, a arquitetura. Utilizando o metrô, é possível conhecer diversos locais históricos e gastronômicos da mesma região. Por exemplo: você pode tomar café no Mercadão, dar um pulo na Rua 25 de Março fazer comprinhas, conhecer as exposições no Farol Santander e assistir a um espetáculo no Theatro Municipal. 

Luz

O que conhecer: Estação da Luz, Museu da Língua Portuguesa, Pinacoteca

Estações: Luz/Linha 1 – Azul e Linha 4 – Amarela; Tiradentes/Linha 1 – Azul

A beleza da Estação da Luz já é uma grande atração. Mas, nada como descer do metrô na Luz e, ainda, explorar o que tem à sua volta. Ali ao lado – literalmente – fica o Museu da Língua Portuguesa, que acabou de ser reaberto ao público. Em frente, tem a Pinacoteca do Estado de São Paulo, que também vale muito a visita. 

Liberdade

O que conhecer: Todo o bairro

Estação: Liberdade/Linha 1 – Azul

A capital paulista abriga a maior colônia japonesa do mundo no bairro da Liberdade. Lá, dá para se perder nas lojas e mercadinhos e conhecer os sabores e itens que vêm de lá do outro lado do planeta. O bairro conta, ainda, com muitas opções de restaurantes japoneses para os que gostam. 

Avenida Paulista

O que conhecer: Museu de Arte de São Paulo (MASP), Itaú Cultural, Instituto Moreira Salles, Centro Cultural FIESP, Japan House, Sesc Paulista e tantos outros

Estações: Brigadeiro, Trianon-Masp, Consolação/Linha 2 – Verde; Paulista/Linha 4 – Amarela

A Avenida Paulista é o paraíso para conhecer novos locais culturais, exposições, museus e cinemas. No local, é importante saber quais atrações serão exploradas para se programar e conseguir aproveitar melhor o passeio. Há estações de metrô que te levam de ponta a ponta da Avenida, o que facilita ainda mais o percurso. 

Vila Madalena

O que conhecer: Beco do Batman, o bairro em si

Estação: Vila Madalena/Linha 2 – Verde

O bairro boêmio de São Paulo conta com uma estação de metrô e, apesar de não ficar próximo ao seu local de maior movimentação, a estação Vila Madalena é a melhor forma de acessar o bairro e aproveitá-lo. Por lá, é possível encontrar diversos bares, brechós e o famoso Beco do Batman, que reúne dezenas de grafites e atrai turistas do mundo todo. 

Sobre o Metrô de São Paulo

A Companhia do Metropolitano de São Paulo foi constituída em 24 de abril de 1968 e é responsável pela operação e expansão da rede metroviária da Região Metropolitana. Composta por seis linhas e 89 estações, está integrada à CPTM em algumas estações e transporta milhões de pessoas diariamente. A Alpha foi até o Centro de Controle Operacional do Metrô de São Paulo para mostrar de perto quais são os bastidores da empresa e como ela funciona. Confira abaixo: 

Uma curiosidade é que o trem do Metrô tem a emissão média de 5 gramas de CO2 para transportar um passageiro a cada quilômetro, enquanto um carro movido à gasolina emite 101 gramas e um ônibus a diesel na cidade de São Paulo gera 91 gramas. Ao longo do ano de 2020, o funcionamento do Metrô evitou a emissão de 538 mil toneladas de poluentes e gases do efeito estufa, incluindo CO2. O levantamento mostra também os benefícios sociais gerados pelo Metrô, como reduções do tempo de viagem, de consumo de combustíveis e de acidentes. Se traduzidos em valores, esses benefícios geram economia de R$ 7 bilhões de reais. 

Linha da Cultura 

A Linha da Cultura, vinculada à Gerência de Comunicação e Marketing do Metrô, é o programa de arte e cultura que promove as atividades culturais que acontecem nas estações, nas redes sociais e no canal do Youtube do Metrô de São Paulo. A premissa da Linha da Cultura é oferecer aos passageiros atividades e propostas artístico-culturais que ressignifiquem a sua viagem e o transporte durante o seu cotidiano. É possível conferir a programação e agenda semanal diretamente no site

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados