Governo de SP anuncia horários da vacinação

O governo do Estado de São Paulo anunciou, durante a apresentação de novos detalhes do Plano Estadual de Imunização contra o coronavírus que aconteceu nesta tarde (06), que a vacinação contra a Covid-19 deve ocorrer de segunda à sexta-feira, das 07h às 22h, e de 07 às 17h aos sábados, domingos e feriados.

Segundo o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, além dos 5.200 postos de vacinação já existentes nas cidades do território paulista, o número deve ser ampliado para 10 mil com a utilização de escolas, quartéis da PM, estações de trem, terminais de ônibus, farmácias e sistema drive-thru. 

A Coronavac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ainda precisa ter a eficácia comprovada antes de ser liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A previsão da gestão estadual é que a documentação seja entregue à Anvisa amanhã, quando devem ser divulgados os resultados dos testes feitos no país. 

Durante a primeira etapa, a expectativa é de que 9 milhões de pessoas sejam vacinadas. Profissionais de saúde, indígenas e quilombolas, além de idosos com mais de 60 anos, serão contemplados nesta fase. 

Até o momento, o Governo de São Paulo recebeu da China o equivalente a 10,8 milhões de doses da Coronavac. A gestão estadual mantém a previsão do início da vacinação no dia 25 de janeiro

Confira o cronograma estadual de vacinação contra o novo coronavírus

Trabalhadores da saúde, indígenas e quilombolas

Primeira dose: 25 de janeiro

Segunda dose: 15 de fevereiro

75 anos ou mais

Primeira dose: 08 de fevereiro

Segunda dose: 1º de março

70 a 74 anos

Primeira dose: 15 de fevereiro

Segunda dose: 08 de março

65 a 69 anos

Primeira dose: 22 de fevereiro

Segunda dose: 15 de março

60 a 64 anos

Primeira dose: 1º de março

Segunda dose: 22 de março

Veja mais: Butantã conclui terceira fase de testes da CoronaVac

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados