Governo de SP anuncia terceira dose contra Covid-19 para idosos

O governo do estado de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (25), a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a partir do dia 6 de setembro para idosos acima de 60 anos. 

Segundo o governador do estado, João Doria, a imunização será destinada à população dessa faixa etária que tomou a segunda dose há, pelo menos, seis meses. "Se mesmo tendo mais de 60 anos, se a segunda dose aconteceu em menos de seis meses, ela deverá aguardar até completar o prazo", disse. A medida, segundo Doria, foi tomada de forma técnica, já que é a partir do 6º mês que há a possibilidade de uma queda na imunidade. 

Além disso, o grupo será imunizado com a marca do imunizante que estiver disponível nos postos de vacinação. No calendário nacional, a dose de reforço começará a ser aplicada para a população acima de 80 anos e pessoas imunossuprimidas a partir de 15 de setembro. A decisão, segundo o secretário-executivo do Comitê Científico Paulista, João Gabbardo, a medida foi tomada para conter a variante Delta. 

A Secretaria da Saúde também preparou uma nova carteira de vacinação para idosos que vão receber a dose. Não haverá necessidade de novo cadastro no Vacina Já para a dose adicional. Ou seja, basta comparecer a qualquer posto de imunização com o comprovante do esquema de vacinação completo na data estipulada.  A gestão ainda vai divulgar as datas do programa e o calendário de escalonamento por faixas etárias. 

Lembrando que há diferença entre "terceira dose" e "dose de reforço". É chamada terceira dose a necessária para completar o esquema vacinal e atingir a proteção desejada. Já a dose de reforço é aquela que vai fazer a manutenção do nível de anticorpos. 

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados