Governo de SP mantém fase atual do plano de flexibilização econômica

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (26), que desistiu de liberar o funcionamento do comércio até as 22h a partir de 1º de junho, dia que começaria uma nova fase de flexibilização econômica no estado. 

Segundo informação divulgada pelo governador João Doria, em coletiva de imprensa nesta tarde, o estado permanece na atual fase do Plano São Paulo, que autoriza lojas, shoppings, academias, salões de beleza e restaurantes a operar até 21h. Desde segunda-feira (24), o comércio foi autorizado a aumentar a capacidade máxima de 30% para 40% nos estabelecimentos comerciais. 

A medida, que deve seguir em vigor até o dia 14 de junho, surge após o aumento no número de casos e internações pela Covid-19, que voltou a ficar acima de 80%. 

Na capital paulista, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou que seis hospitais públicos estão com 100% dos leitos ocupados. 

Além disso, na manhã desta quarta (26), foi confirmado pelo governo estadual um caso da variante indiana do coronavírus, chamada de B.1.617, em um passageiro que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, no dia 22 de maio. 

Após a identificação do caso, a gestão afirmou que funcionários de aeroportos serão vacinados a partir desta sexta-feira (28). São Paulo já havia anunciado a expansão da imunização para profissionais da educação de 18 a 46 anos e para pessoas sem comorbidades com idades entre 55 e 59 anos para julho. Já a vacinação de pessoas com comorbidades deve ser estendida para a faixa etária de 40 a 44 anos também nesta sexta (28). 

Em agosto, a partir do dia 2, a população de 50 a 54 anos sem comorbidades já poderá procurar os postos de saúde. E, os que têm de 45 a 49 anos, serão imunizados a partir de 17 de agosto. 

Confira abaixo o calendário completo 

28 de maio: Pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente (beneficiários do BPC) de 40 a 44 anos

28 de maio: Aeroviários

1º de junho: Portuários

1º de julho a 21 de julho: Pessoas sem comorbidades de 55 a 59 anos

21 a 31 de julho: Profissionais da educação de 18 a 46 anos

2 a 16 de agosto: Pessoas de 50 a 54 anos sem comorbidades

17 a 31 de agosto: Pessoas de 45 a 49 anos

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados