Mel Gibson completa 65 anos: conheça 6 sucessos de bilheteria do ator

Mel Gibson, nascido em Peekskil em Nova York, tornou-se mundialmente conhecido por seus trabalhos como ator, produtor e diretor de cinema norte-americano. Dentre os prêmios mais notáveis que ganhou, estão: foram dois Oscars por Coração Valente, nas categorias Melhor Filme e Melhor Diretor. Pelo mesmo filme, Gibson também levou um Globo de Ouro por sua direção.

Hoje, 03 de janeiro, Mel Gibson completa 65 anos. E, para comemorar o aniversário deste artista tão importante no mundo cinematográfico, nós elaboramos uma lista com 6 filmes que o ator trabalhou e que foram sucessos de bilheteria. Confira:

Máquina Mortífera (1987)

Após a morte de sua esposa, Martin Riggs, detetive da polícia de Los Angeles é transferido e imediatamente entra em choque com o novo parceiro, Roger Murtaugh, o mais antigo funcionário do departamento. Juntos, eles descobrem um cartel do tráfico de drogas. As situações cada vez mais perigosas formam um vínculo entre os dois. 

Além do primeiro filme da franquida, lançado em 1987, a história ganhou mais três continuações cinematrográficas, estreadas, respectivamente, em 1989, 1992 e 1998.

Com um enredo cheio de ação e mistério, o longa conseguiu arrecadar, aproximadamente, 120,2 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. Além disso, o filme é considerado uma das obras mais marcantes da carreira de Mel Gibson. Confira o trailer deste clássico dos anos 80: 

Coração Valente (1995)

Esta produção, dirigida e estrelada por Mel Gibson, conta a história de um herói escocês do século 13, chamado William Wallace, que lidera seus conterrâneos contra o monarca inglês Edward I, após ter sofrido uma tragédia pessoal causada pelos soldados ingleses. Contudo, o exército amador de Wallace era maior que o exército da Inglaterra.

Com um elenco de peso e um roteiro emocionante, o longa levou para casa cinco categorias do Oscar, sendo eles: Melhor Filme, Melhor Fotografia, Melhor Edição de Som, Melhor Diretor e Melhor Maquiagem e Penteados. Com isso, já dá para imaginar que a bilheteria foi alta, totalizando o valor de 213,2 milhões de dólares. 

O Preço de um Resgate (1996)

“O Preço de um Resgate”, estrelado pelo ator, mostra a história do proprietário de uma companhia aérea, Tom Mullen, que acumulou grande riqueza trabalhando arduamente. Porém, um dia um grupo de criminosos sequestra seu filho e pede um resgate de  2 milhões de dólares.

Incentivado por sua esposa e um agente do FBI, Tom prepara-se para pagar, mas a entrega do resgate dá errado. Enfurecido, Tom decide virar a mesa e oferece dinheiro pela vida dos sequestradores, na televisão, em rede nacional.

Com uma história de suspense perfeita, a produção acumulou 309,5 milhões de dólares nas bilheterias ao redor do mundo. Se você ainda não viu esse filme ou quer relembrar esse clássico da carreira de Mel Gibson, clique no player abaixo e dê play no trailer: 

O Patriota (2000)

Em 1776, Benjamin Martin é um veterano de guerra que renunciou às armas e decidiu viver em paz com sua família. Mas, quando os ingleses trazerem a Guerra da Independência até o seu quintal, Benjamin não vê outra saída a não ser pegar nas armas novamente, desta vez acompanhado de seu filho idealista, liderando uma rebelião contra o implacável e equipado exército britânico. No processo, ele descobre que só pode proteger sua família lutando pela liberdade da jovem nação.

A bilheteria desse filme foi uma das mais altas da carreira de Gibson, que chegou aos 215,3 milhões de dólares. Confira o trailer:

Do Que as Mulheres Gostam (2000)

Nick Marshall passa a ter uma visão completamente nova da vida quando um acidente estúpido lhe dá a habilidade de ler a mente das mulheres. No início, esse talento proporciona a Nick informação demais, mas ele começa a perceber que pode tirar vantagem, especialmente quando se trata de enganar sua nova chefe, Darcy Maguire.

O romance conseguiu arrecadar, mundialmente, 374,1 milhões de dólares.

A Paixão de Cristo (2004)

Dirigido e roteirizado por Gibson, o filme “A Paixão de Cristo” foi um dos maiores sucessos da carreira do profissional, ao trabalhar atrás das câmeras. A história do longa mostra uma outra versão da crucificação de Cristo baseada no Novo Testamento, Judas agiliza a queda de Jesus entregando-o aos oficiais do Império Romano escolhidos a dedo. Para horror de sua mãe Maria, de Madalena e de seus discípulos, Jesus é condenado à morte.

Por conta da história bíblica, a produção conseguiu coletar 612 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. 

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados