No Dia do Leitor, confira indicações que unem literatura e música

No dia 7 de janeiro é tradicionalmente comemorado o dia do leitor. Para celebrar a data, preparamos uma lista especial de obras que agradam também aos amantes da música.

 

Verdade Tropical, de Caetano Veloso

Caetano Veloso narra a ascensão do tropicalismo em meio à ditadura militar brasileira, nessa obra semelhante a um ensaio. O cantor parte da sua origem em Santo Amaro, Bahia, e traça um panorama pessoal e coletivo da vida cultural no Brasil na segunda metade do século XX, trazendo detalhes de momentos decisivos da história.

 

O Canto da Sereia – um noir baiano, de Nelson Motta

Neste livro original e irreverente, Nelson Motta constrói um noir baiano com muito bom-humor. A investigação do assassinato da musa do carnaval, Sereia, é feita por Augustão, um detetive cheio de personalidade. O suspense situa personagens fictícios e reais, como Daniela Mercury, Ivete Sangalo e Carlinhos Brown, na eletrizante capital baiana, enquanto desvenda também os bastidores do show business. 

 

Alucinações Musicais, de Oliver Sacks

O neurologista Oliver Sacks explora o poder da música na mente humana, investigando os efeitos que ela pode ter sobre o cérebro e como as melodias mexem com as emoções. Esses, dentre outros assuntos, são respondidos por meio de uma série de casos que demonstram as incríveis capacidades do cérebro sob influência da música.

 

Crônicas Volume 1, de Bob Dylan

O cantor e compositor Bob Dylan narra suas memórias da Nova York dos anos 1960. Ele relata seus sentimentos e expõe as influências que moldaram sua identidade. O livro é a primeira parte de três da coleção biográfica do cantor.

 

Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música, de Taylor Jenkins Reid

O best-seller narra os bastidores de uma banda fictícia de grande sucesso nos anos 70: Daisy Jones and The Six. Escrito na forma de entrevistas em documentário, são os próprios personagens que contam a história por trás da ascensão e da súbita separação do grupo.

 

Jazz, de Luis Fernando Verissimo

“Jazz” é uma seleção de textos do escritor Luis Fernando Veríssimo publicados pela Editora Objetiva. Integrante do grupo musical Jazz 6, o autor gaúcho fez da música uma paixão paralela à literatura. Seus textos irreverentes abordam grandes nomes do gênero, como Miles Davis, Charlie Parker, Chet Baker e Gerry Mulligan, entre outros.

 

Garota Italiana, de Lucinda Riley

Nesta história de amor, drama e música, acompanhamos Rosanna Menici, uma jovem que sonha em se tornar cantora lírica e vive um romance com o grande cantor Roberto Rossini. Nas décadas em que decorre a trama, ela atravessa as alegrias e as dores de uma vida guiada por suas paixões: Rossini e a ópera. 

 

O Resto é Ruído: Escutando o Século XX, de Alex Ross

O crítico Alex Ross conduz o leitor ao longo das décadas musicais do século XX, passando pela Alemanha de Hitler e pela Rússia de Stalin, entre outros cenários. O autor explica a influência de contextos sociais e políticos na música e mostra que os gêneros clássicos, embora pareçam muitas vezes inacessíveis, estão presentes em vários movimentos populares, como o pop e o jazz. 

 

Noites Tropicais, de Nelson Motta

O compositor, produtor e crítico musical Nelson Motta, que vivenciou grandes movimentos da música brasileira, da Bossa Nova à MPB, relata diversas histórias dos astros de nossa música. Nessa narrativa cativante e recheada de curiosidades, o autor convida o público a assistir ao show nos bastidores.

 

Rita Lee: Uma autobiografia, por Rita Lee

A autobiografia de Rita Lee, publicada em 2016, entrega a história de uma cantora polêmica, sensível e sincera. A artista conta da sua trajetória da infância à saída dos palcos, comentando sobre assuntos positivos e negativos com a mesma leveza. Cuidadosa na seleção de fotos, legendas, escrita e diagramação do livro, Rita Lee assina sua essência das entrelinhas ao rodapé.

 

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados