Os cuidados ao ingerir alimentos e bebidas quentes

Você é daquelas pessoas que gosta da sua comida e do seu café bem quentes? Pois saiba que  essa prática contribui para aumento de problemas na saúde bucal e principalmente no sistema digestivo. Se contínua, pode levar ao desenvolvimento de uma lesão cancerígena. Esses problemas, inclusive, são mais recorrentes nas regiões mais frias, como é o exemplo do Sul do Brasil, onde é mais comum o consumo de bebidas quente.

 

Assim como as bebibas, os alimentos sólidos podem queimar o céu da boca e a língua, causando uma certa descamação na mucose bucal e em tecidos. A longo prazo, esse calor excessivo na boca pode desencadear em uma lesão cancerígena. O endodontista pela Unesp, Marcos Moura diz que o efeito seria o mesmo do sol na pele.

 

Outra área afetada é o sistema digestivo. O estômago trabalha, normalmente, com uma faixa de temperatura que varia entre 37°C e 42°C. Ingerir alimentos muito acima dessa faixa força o órgão a produzir uma quantidade maior de líquidos, para regular a temperatura interna. Aumentando a chance de contrações e distensões gástricas. O indicado é esperar cerca de 5 minutos, ou até que o alimento fique na temperatura ambiente.

 

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados