Por muito tempo acreditei ter sonhado que era livre

O programa “Arte Atual”, iniciativa do instituto Tomie Ohtake, tem como objetivo promover projetos experimentais e novos debates sobre arte contemporânea. A exposição “Por muito tempo acreditei ter sonhado que era livre”, que faz parte desse projeto, é dedicada a 24 artistas contemporâneas brasileiras.
 
A mostra reúne diferentes gerações, com paisagens, retratos, performances e fotografias que refletem acerca do corpo feminino como território.
 
Fica em cartaz até o dia 17 de julho, no instituto Tomie Ohtake. Funciona de terça-feira a domingo, das 11h às 20h. A entrada é gratuita.
 

Saiba mais. 

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados