Produtos orgânicos: o que são?

Os alimentos orgânicos possuem diversos benefícios e são mais saudáveis por não possuírem agrotóxicos e compostos químicos que estão diretamente relacionados ao aumento da incidência de câncer na população.

Além disso, o uso de fertilizantes e pesticidas é responsável pela contaminação de solos, lençóis freáticos, pessoas e animais.  

Sendo assim, a alimentação orgânica se torna muito mais do que apenas o que você come. Ela é um estilo de vida mais sustentável.
 
Os alimentos orgânicos podem ser aproveitados por inteiro: polpa, casca, sementes e folhas. Outra vantagem é que seu valor nutricional é maior se comparado ao valor nutricional dos alimentos convencionais. Isso porque durante a produção os solos são adubados com compostos naturais que garantem seu equilíbrio. Época de plantio, amadurecimento e colheita também são sempre respeitados.

Os alimentos orgânicos possuem uma concentração maior de substâncias bioativas – substâncias naturais produzidas pelos vegetais como mecanismos de defesa – que resultam em antioxidantes, que protegem o organismo do impacto de radicais livres. Seu consumo, portanto, pode fortalecer o sistema imunológico e cardiovascular, e ainda, retardar o envelhecimento da pele.

Para identificar se um alimento é orgânico, basta olhar se ele possui o selo “Produto Orgânico Brasil” – isso significa que ele passou por uma certificação do Ministério da Agricultura e do Inmetro.

Sabemos, porém, que o preço de orgânicos nos supermercados muitas vezes é inacessível. Uma solução é comprar diretamente de pequenos produtores e agricultores familiares: eles vendem a um preço justo e você contribui com uma parte importantíssima da produção de alimentos no Brasil.

Marina Parreira

Redação Saúde Minuto

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados