Qual a idade da sua pele?

A análise digital das manchas superficiais e profundas, tamanho dos poros, textura da pele, rugas, oleosidade e hidratação, através da luz natural e da luz ultravioleta, demonstra a real idade da pele do rosto.

Muitos dos sinais do envelhecimento são cumulativos, ou seja, eles decorrem de processos que se desenvolvem ao longo dos anos. A vantagem da análise digital da pele do rosto é possibilitar a visualização de vários danos ainda não aparentes a olho nu.

Quando conseguimos saber "hoje" os danos e os sinais de envelhecimento que estarão aparentes "amanhã", podemos definir uma rotina personalizada de cuidados para a pele do rosto com base na idade e preocupações de cada um.

A rotina de cuidado facial acaba virando um ciclo de rejuvenescimento com o passar do tempo. E em um determinado momento, a idade da pele do rosto acaba sendo menor do que a idade real.

Com os desequilíbrios controlados, onde as manchas são reduzidas, os poros, as rugas, a oleosidade e a hidratação estão balanceados, e a textura da pele está suave, é possível iniciar uma etapa de nutrição extra e desaceleração da marcha progressiva do envelhecimento.

Deste modo, dermocosméticos tópicos e nutracêuticos de uso oral podem entregar para a pele do rosto não apenas o que ela precisa para se manter saudável; mas também rejuvenescida.

É válido lembrar que a limpeza facial adequada, a hidratação profunda, o uso diário do protetor solar de amplo espectro UVA, UVB e luz digital, princípios ativos específicos para a hiperpigmentação, ácido hialurônico, colágeno e tantos outros cuidados faciais precisam estar acompanhados de uma ingestão adequada de líquidos e alimentos, boa noite de sono e bom funcionamento do intestino; assim como baixo consumo de bebida alcóolica e, se possível, de nenhum cigarro.

Uma dica para uma boa rotina de cuidados diários é fazer uso de um sabonete de limpeza facial pelo menos 2 vezes ao dia; usar um creme diurno e um creme noturno, já que existem princípios ativos que não podem ser utilizados durante a exposição solar; usar um creme específico para a área dos olhos, que tem uma pele mais fina; sempre usar protetor solar de amplo espectro e investir na qualidade de vida.

Com os cuidados certos, a idade da pele sempre será menor do que a idade real e você parecerá mais jovem.

Texto por Heloisa Müller Olivan | Cosmetologista, farmacêutica e bioquímica

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados