Quando o U2 foi roubado nos Estados Unidos

O U2 acaba de encerrar a turnê comemorativa de 30 anos do álbum The Joshua Tree – com direito a quatro shows no Brasil no final de 2017. Mesmo assim, a banda se prepara para cair na estrada em maio, com a missão de divulgar o excelente disco Songs of Experience.

Antes de voltar a falar da nova fase da banda irlandesa, vale relembrar um fato, no mínimo, curioso sobre o passado de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr…

Furto no camarim

Em 22 de março de 1981, o U2 estava nos Estados Unidos para divulgar o disco de estreia, Boy. Antes de tocar para os fãs de Portland, no extinto Foghorn Tavern, entretanto, o grupo conversou e tirou fotos com um grupo de fãs empolgados, motivando a banda a dar o seu melhor naquela noite.

Após a performance, uma surpresa desagradável: a maleta de Bono, contendo anotações, fotos e letras que entrariam no segundo álbum, October, havia sido furtada.

Antes tarde do que nunca

{ galeria 138 }

October chegou às lojas naquele mesmo ano – de forma propícia – em 12 de outubro. Porém, suas canções apresentaram letras sensivelmente alteradas por conta do furto dos manuscritos originais. meses antes.

Outra surpresa aconteceria 23 anos mais tarde. Desta vez, agradável: a maleta contendo todo o material de Bono foi devolvida ao vocalista e compositor, por Cindy Harris. A americana encontrou o material no sótão de uma casa alugada em Seattle e pensou imediatamente em retornar o tesouro aos seus verdadeiros donos…

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados