Rainha do Soul completaria hoje 79 anos

E hoje a cantora e compositora norte-americana, Aretha Franklin completaria 79 anos. Considerada pela revista Rolling Stone como a maior cantora de todos os tempos, a voz de Aretha foi considerada oficialmente um “recurso natural” pelo estado de Michigan.

Com apenas 14 anos, Aretha gravou o seu primeiro álbum, o gospel “Songs of Faith” e, anos depois, passou a fazer parte da gravadora Columbia, sob tutela do produtor John Hammond, em que gravou nove álbuns pelo selo.

No ano de 1968, a cantora faturou o primeiro Grammy da sua carreira, levando nesta mesma noite, dois gramofones de ouro nas categorias de “Melhor Performance Vocal Feminina de R&B e Melhor Canção de R&B, com o sucesso Respect. Esses seriam os primeiros do total de 18 prêmios. Por oito anos seguidos, Franklin levou pra casa o troféu de melhor cantora de R&B.

A Rainha do Soul gravou álbuns que entraram para a história da música mundial, como “I Never Loved a Man the Way I Love You”, “Lady Soul” e “Sparkle”, entre outros, além do álbum gospel “Amazing Grace”.

Detentora da Medalha Nacional das Artes e também da Medalha Presidencial da Liberdade, Aretha foi a primeira mulher a fazer parte do Rock & Roll Hall of Fame em 1987.

A Rainha do Soul começou o tratamento contra um câncer em 2010 mas, mesmo assim, continuou performando nos palcos pelo mundo de tempos em tempos. No dia 16 de agosto de 2018, a cantora faleceu, deixando um legado para a música em todo o mundo.

Em 2019, como memória póstuma, ela foi a primeira mulher a receber individualmente o Prêmio Pulitzer na categoria “Citação Especial”, por sua contribuição para a música e para a cultura americana por mais de cinco décadas.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados