São Paulo anuncia imunização de grávidas e pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades

O governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (05), a vacinação contra a Covid-19 a partir da próxima semana para pessoas entre 55 e 59 com comorbidades ou deficiência permanente e grávidas.

A campanha deve ter início na próxima terça-feira, dia 11 de maio, com a imunização de puérperas e gestantes. Apenas mulheres grávidas acima de 18 anos, em qualquer idade gestacional, poderão ser vacinadas. Será necessária a comprovação do estado gestacional por meio de carteira de acompanhamento, pré-natal ou lado médico.

No caso das puérperas, só poderão receber o imunizante se comparecerem aos postos de atendimento até 45 dias após o parto. Segundo a gestão estadual, cerca de 100 mil mulheres serão vacinadas nesta nova etapa do Programa Estadual de Imunizações.

Ainda no dia 11 de maio, pessoas entre 55 e 59 anos com deficiências permanentes poderão receber a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Neste caso, é necessária a apresentação do recibo do Benefício de Prestação Continuada.

Já no dia 12 de maio, é a vez de pessoas com comorbidades serem vacinadas. Os integrantes do grupo precisam ter entre 55 e 59 anos, e só poderão receber o imunizante desde que apresentem o comprovante de situação de risco, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica. Este será o maior grupo a ser imunizado, com cerca de 900 mil pessoas.

{ galeria 1266 }

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados