São Paulo é a capital nacional da bicicleta em agosto

Pode parecer estranho dizer que uma cidade como São Paulo é um dos principais palcos do cicloturismo urbano no Brasil. Afinal, sampa é muito mais conhecida por ser uma das mais agitadas metrópoles do mundo e de trânsito intenso. Porém, a afirmação não está longe da verdade. A capital tem uma extensa malha cicloviária, a ciclovia da Marginal Pinheiros, o Bike Tour e em agosto, recebe o Shimano Fest, entre os dias 18 e 21.

Em 2010 São Paulo foi pioneira ao introduzir o sistema de Ciclo Faixa de Lazer: uma faixa de asfalto delimitada e demarcada por cones, com pessoal uniformizado que sinaliza o farol vermelho aos ciclistas em cruzamentos e travessias de pedestres. Uma operação montada todos os domingos e feriados nas principais ruas e avenidas da cidade, interligando parques como Ibirapuera, Parque do Povo, Parque das Bicicletas e Villa-Lobos.

A Ciclo Faixa de São Paulo serviu como inspiração para várias outras cidades brasileiras que viram no modelo, uma excelente opção de lazer para a população e uma forma de ir modificando a cultura e a percepção das pessoas, principalmente motoristas, com relação a bicicleta dentro da cidade. Hoje a Ciclo Faixa de sampa é um patrimônio da cidade, uma das principais alternativas para pais e filhos pedalarem e curtirem a cidade aos domingos e ponto de encontro de amigos que pedalam até uma feira, um café ou açaí.

Uma outra iniciativa paulistana que chama muito atenção pelo volume de ciclistas que a utilizam, é a Ciclovia do Rio Pinheiros. Administrada pela empresa de engenharia Farah Service, com patrocínio de entidades privadas, a Ciclovia do Rio Pinheiros inaugurada em 2010. O banco Santander é um dos principais investidores no local, seguido por diversas outras marcas com modelos diferentes de apoio. Com 21,5 km de extensão, cafés, lojas e pontos de apoio ao ciclista, a Ciclovia do Rio Pinheiros oferece uma perspectiva totalmente diferente e inusitada de São Paulo. É definitivamente um passeio marcante às margens do outrora marginalizado Rio Pinheiros.

Quer mais uma outra criação paulistana? O Bike Tour SP. Idealizado por Daniel Moral, o Bike Tour consiste em conhecer o centro de São Paulo pedalando: “a bicicleta é a melhor forma de se conhecer uma cidade: de carro você passa rápido demais por lugares e pessoas e a pé você não consegue abranger uma distância maior com tanto conforto e praticidade como em uma bike.”

O Bike Tour funciona desde 2013 aos domingos em São Paulo. É uma oportunidade para as pessoas fazerem um turismo guiado pelo centro histórico de SP de bike. Para isso, basta se inscrever através do site www.biketour.org.br, o passeio é gratuito e o Bike Tour fornece bicicletas e capacetes. Pedem apenas a doação de 2kg de alimentos que são doados a entidades assistenciais.

E finalmente, em agosto, acontece aqui mesmo em São Paulo, o maior Festival da Bicicleta em nosso continente. Existem grandes provas de ciclismo e grandes eventos de Mountain Bike que acontecem no Brasil e em outros países da América Latina. Porém, um festival que reúne as grandes marcas do segmento, exposição de bikes de diversos tipos, acessórios e produtos de ciclismo, lojas, atividades para a criançada, show de música, food trucks, atrações radicais e além de tudo uma competição de Mountain Bike dentro do Memorial da América Latina, não há nada nesta proporção e nem similar. O Festival da Bicicleta, Shimano Fest, vai para sua 3ª edição no Memorial da América Latina na expectativa de quebrar o recorde de participantes alcançado em 2019 que foi de 42.500 pessoas em 4 dias de evento.

Se você ama bicicleta, se tem curiosidade ou interesse em saber por que tantas pessoas estão se deixando seduzir por esse modal de transporte, de estilo de vida e de bem-estar, programe na sua agenda e reserve pelo menos algumas horas do seu fim de semana, dias 20 e 21 de agosto, para uma verdadeira imersão no universo da bicicleta dentro do memorial da América Latina.

A entrada é franca, o Memorial fica ao lado do Metrô Barra Funda e existe ciclovia na porta. Você vai se encantar com a quantidade de marcas, de bikes, produtos, acessórios e serviços desse mundo da bicicleta. E quando assistir a competição de Mountain Bike Short Track e ver os ciclistas dando tudo de si com manobras e ultrapassagens por entre as obras do Memorial, você vai imaginar como Oscar Niemeyer, criador do conjunto arquitetônico desse icônico espaço da cidade e um dos maiores arquitetos do mundo, deve esse sentir nessa hora!

Se depois de todos estes argumentos, você ainda não ficou convencido de que São Paulo é a capital nacional da bicicleta, sugerimos a você apenas um passeio de bike para ver os inúmeros murais e grafites artísticos de SP, uma passada pelo Beco do Batman, um giro pela ciclovia da Faria Lima e, uma parada estratégica em um dos vários bike cafés da cidade.

spot_img

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados