ALPHA PRÓ-VACINA

Anvisa aprova uso emergencial das vacinas Coronavac e de Oxford

Enfermeira é a primeira pessoa imunizada em São Paulo

Por: Vanessa Rabello
17/01/2021 - São Paulo

vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, autorizou, neste domingo (17), por unanimidade, o uso emergencial das vacinas da Universidade de Oxford/Astrazeneca e da Coronavac contra o novo coronavírus. 


Segundo a agência, ainda falta a publicação do termo de compromisso assinado pelo Instituto Buantan que precisa ser publicado no Diário Oficial da União, o que pode acontecer ainda hoje em edição extra. 


Durante a apresentação dos dados, o gerente de Medicamentos, Gustavo Mendes, afirmou que a área técnica da Anvisa recomendou a aprovação do uso emergencial das duas vacinas, condicionada ao monitoramento das incertezas e reavaliação periódica. 


O diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, afirmou que a imunidade com a vacinação leva tempo para se estabelecer. “Portanto, mesmo vacinado, use máscara, mantenha o distanciamento social e higienize suas mãos. Essas vacinas estão certificadas pela Anvisa, foram analisadas por nós brasileiros por um tempo, o melhor e menor tempo possível. Confie na Anvisa, confie nas vacinas que a Anvisa certificar e quando ela estiver ao seu alcance vá e se vacine."


A eficácia geral da vacina de Oxford/AstraZeneca é de 70,42%, de acordo com a agência. Este dado considera mais de uma forma de aplicação e intervalo entre doses. No Brasil, com duas doses, a eficácia ficou em 62%. Já no caso da Coronavac, a eficácia calculada é de 50,39%. 


Vacinação em São Paulo


O governo do estado de São Paulo aplicou a primeira dose da Coronavac nesta tarde, após a Anvisa aprovar o uso emergencial do imunizante contra a Covid-19. A primeira pessoa a ser vacinada, fora dos estudos clínicos, foi a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora da Zona Leste. Mônica faz parte do grupo de risco para a doença e atua na linha de frente contra a doença no Instituto de Infectologia Emílio Ribas. 


A aplicação foi feita no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e foi acompanhada pelo governador João Doria.

Veja também

Governo de SP anuncia vacinação para grupo de comorbidades
CORONAVÍRUS

Governo de SP anuncia vacinação para grupo de comorbidades

Gestão também informou sobre a imunização de funcionários do setor de transporte

20/04/2021 - São Paulo

imagem divulgação
ALPHA SOCIAL

Ação da Cidadania ajuda mais de 22 milhões de brasileiros

ONG já distribuiu 45 mil toneladas de alimentos

20/04/2021 - São Paulo

Enxaqueca: saiba como lidar
WELLNESS

Enxaqueca: saiba como lidar

Dores de cabeça frequentes atingem cerca de 30 milhões de brasileiros

20/04/2021 - São Paulo