WELLNESS

Autocuidado: 8 dicas para melhorar a saúde mental e física

Listas de atividades diárias e a leitura são alguns dos destaques

Por: Nicole Defillo
24/11/2020 - São Paulo

imagem divulgação

Por conta da rotina corrida, casa, família e do cansaço, muitas pessoas deixam de cuidar delas mesmas e passam a se preocupar mais com as tarefas e problemas do dia a dia, do que com o autocuidado. Contudo, essa pode ser uma prática extremamente perigosa, já que para podermos nos dedicar a quem amamos precisamos estar com a nossa saúde física e mental em dia. 


Por isso, nós elaboramos uma lista com 8 dicas que vão fazer a diferença na sua autoestima, vitalidade e disposição. Confira: 


1. Crie uma lista de atividades diárias



Nem sempre nos sentimos motivados e bem dispostos, não é mesmo? Por isso, a criação de uma lista de atividades realizadas, em muitos casos, pode ser uma ajuda e tanto! 


Nela você pode incluir todas as tarefas que você já completou, sejam grandes ou pequenas, desde uma ida ao supermercado até dobrar as roupas que saíram do varal. O objetivo dessa prática é incentivar a produtividade e, além disso, você perceber que qualquer tarefa merece reconhecimento.


2. Ler um livro



A leitura pode ser uma ótima maneira de se desvencilhar da sua realidade, aumentar o conhecimento, exercitar o cérebro e aprimorar a escrita. 


Uma dica é pegar aquele livro que você anda dizendo há muito tempo que pretende ler, e dedicar 30 minutos diários a esta tarefa. Não precisa, necessariamente, ser 30 minutos seguidos, também é possível separá-lo em blocos, como por exemplo 10 minutos  três vezes ao dia. 


3. Defina limites para o trabalho home office



Com muitas pessoas trabalhando de casa, principalmente agora durante a pandemia, os espaços residenciais funcionam também como locais de trabalho, e isso pode ser um meio para confundir os limites entre trabalho e lazer.


Por isso, para deixar sua vida mais organizada, é necessário que você procure seguir os mesmos horários de trabalho que você tinha antes do novo coronavírus. Por exemplo: se você normalmente chega ao escritório às 9h, só inicie o seu dia de trabalho neste horário. A dica vale também para o horário de término do expediente.


4. Permita-se sentir



Você não é a única a ter a sensação de que os dias e as semanas acabam se fundindo, por isso o ideal é tirar um tempo diariamente para checar como você está se sentindo. Desse modo, você consegue criar uma consciência maior de si mesmo.


Especialistas sugerem que você se faça três perguntas básicas: “O que está dominando meus pensamentos neste momento?”, “que emoções ou sensações físicas estou tendo ou sentindo?” e “o que quero realizar hoje?”. Uma dica é incluir essa prática em seu dia a dia junto com outra atividade que já faz parte de sua rotina, como escovar os dentes ou fazer seu café pela manhã.


5. Tire um tempo para você



Separar um tempo do seu dia para se cuidar, também pode ser uma ótima saída. Durante este período, realize atividades que sejam prazerosas para você, com assistir a sua série favorita, aprender uma receita nova, brincar com o seu pet e muito mais!


Este tempo é necessário para recarregarmos as nossas energias e para nos dedicarmos a outras questões da nossa vida que nos deixem felizes.


6. Faça exercícios



Os exercícios são uma parte muito importante da nossa saúde. Ao realizarmos uma atividade física, seja ela corrida, caminhada, academia ou até mesmo uma dança, o corpo libera uma substância chamada endorfina, responsável pela sensação de plenitude e de bem estar consigo mesmo.


Mas, lembre-se: para realizar qualquer atividade em casa ou em áreas abertas, é necessário o acompanhamento de um profissional qualificado, assim podemos evitar lesões e contusões graves. 


 7. Crie uma rotina para o sono



Criar uma rotina de sono saudável é essencial para que, nos dias seguintes, consigamos realizar todas as tarefas com um bom desempenho. Além disso, uma boa noite de sono ajuda você a lidar melhor com o estresse e a ansiedade do dia a dia. 


Para criar este costume, a dica é incluir um banho quente - visto que a água quente ajuda a baixar sua temperatura corporal - um chá de camomila ou maracujá  e um bom livro. Depois dessas etapas você estará fechando os olhos mais rapidamente.


8. Alongue-se



Quando você está sem energia para um treino intenso ou sente dores em decorrência de passar o dia todo sentado, fazer alguns alongamentos é uma opção mais fácil e que ainda beneficia corpo e mente. O ideal é escolher dois ou três alongamentos que sejam do seu agrado, programar o cronômetro do seu celular e procurar fazer cada alongamento por dois minutos.


Você pode usar um rolo de espuma, um bastão massageador ou uma bolinha de tênis para um pouco de liberação do músculo, que, como comprovado por especialistas, reduz a atividade do sistema nervoso simpático, responsável pela resposta de lutar ou fugir, uma reação comum ao estresse.

Veja também

MENOPAUSA
WELLNESS

A importância da atividade física em todas as idades

Exercícios podem ajudar na diminuição do estresse e da retenção de líquidos

19/01/2021 - São Paulo

Vacinação no país começa nesta segunda-feira, segundo Ministério da Saúde
CORONAVÍRUS

Vacinação no país começa nesta segunda-feira, segundo Ministério da Saúde

Eduardo Pazuello esteve presente na cerimônia de distribuição da Coronavac

18/01/2021 - São Paulo

Sorrir reduz estresse e pode aumentar o sistema imunológico
WELLNESS

Dia do Riso: Especialistas citam benefícios para o bem-estar

Sorrir reduz estresse e pode aumentar o sistema imunológico

18/01/2021 - São Paulo