Confira dicas incríveis do São Paulo Para Crianças

Batman 80 – A exposição, PJ Masks no Museu Catavento e Museu do Ipiranga Festa!

Confira as dicas do São Paulo Para Crianças!


Dicas para você curtir em família: Batman 80 – A exposição, PJ Masks no Museu Catavento e Museu do Ipiranga em Festa.


 


IMPERDÍVEL! BATMAN 80 – A EXPOSIÇÃO VAI FAZER VOCÊ SE SENTIR EM GOTHAM CITY DENTRO DO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA!


thumb-1
spcriancas-expo-batman-raysla-rendeiro-sppc (24)
thumb-1
spcriancas-expo-batman80-foto-DaniloCardosodosSantos (7)
thumb-1
spcriancas-expo-batman80-foto-DaniloCardosodosSantos (11)
thumb-1
spcriancas-expo-batman80-foto-DaniloCardosodosSantos (15)


O Memorial da América Latina irá se transformar em Gotham City! O local recebe de 5 de setembro a 15 de dezembro o evento inédito Batman 80 – A exposição, que comemora os 80 anos do Homem Morcego. A exposição imersiva reúne uma cenografia que reproduz espaços icônicos das histórias, acervo com quadrinhos e outros itens raros de colecionadores.


A pré-venda de ingressos, com agendamento de dia e horário para visitação, já começou. Os ingressos custam R$35 a inteira e R$17,50 a meia de terça a sexta e R$45 inteira e R$22,50 meia aos sábados, domingos e feriados. Crianças até 4 anos têm entrada grátis. Há também opções de compra de ingressos para pacotes com grupos acima de quatro pessoas com 10% desconto e em breve haverá pacotes para datas comemorativas.


COMPRE SEU INGRESSO AQUI: https://ter.li/xsxbpn


No espaço, os visitantes vão poder atravessar as portas da Mansão Wayne, conhecer a Batcaverna, visitar o Asilo Arkham, o apartamento da Mulher-Gato e o covil do Coringa. A exposição foi criada em parceria com a Warner Brasil, com curadoria de Ivan Freitas da Costa, colecionador e sócio-fundador da CCXP e da Chiaroscuro Studios, e ainda conta com textos explicativos que contam a evolução e a importância de um dos personagens mais famosos do mundo, além de itens da coleção de Marcio Escoteiro, maior colecionador de Batman do país e um dos maiores do mundo.


As visitas acontecerão de terça a sexta, das 12h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h. A exposição montada em ambiente totalmente plano, sem desníveis ou escadas, com acessibilidade para cadeirantes e carrinhos de bebê.


COMPRE SEU INGRESSO AQUI: https://ter.li/xsxbpn


Dicas:



  • Quem quiser levar uma lembrança da experiência poderá conferir a loja oficial, que inclui itens com edição limitada, criados exclusivamente para a exposição.

  • Para matar a fome, haverá praça de alimentação tematizada.

  • A entrada para o evento pode ser feita pelos Portões 8, 9 e 13 do Memorial.

  • Há estacionamento pago no local. Entrada pelo portão 15: R$25 o período; Entrada pelo portão 8: R$10 a primeira hora, R$5 hora adicional.

  • O tempo médio de visitação é de 1 hora.

  • É possível entrar de cosplayer, desde que o cosplay não ultrapasse o tamanho de uma pessoa normal, pois eventuais acessórios podem danificar a estrutura da exposição ou atrapalhar a experiência de outros visitantes.



Leia também em: https://saopauloparacriancas.com.br/expo-batman-80-anos-memorial-america-latina/


 


 


É GRÁTIS! PERSONAGENS DE PJ MASKS ESTARÃO AO VIVO PARA ENCONTROS COM FÃS NO MUSEU CATAVENTO


thumb-1
spcriancas-pj-masks-meet-greet-reproducao-800x468
thumb-1
SP_CRIANCAS_PASSEIOS-pj-masks1


O Museu Catavento é um lugar que a garotada adora, mas imagina se esse passeio ainda contar com a presença dos personagens de PJ Masks? Os heróis de pijama estarão por lá nos dias 7, 14, 21 e 28 de setembro (todos os sábados do mês de setembro), das 10h às 16h, na Tenda Externa. Menino Gato, Lagartixo e Corujita estarão presentes para tirar foto em um cenário lunar!


As sessões acontecem de hora em hora, com duração de até trinta minutos cada. A ação é gratuita, a atividade é sujeita à lotação, é necessário retirar senhas antecipadamente para as fotos, que serão distribuídas por ordem de chegada e possui quantidade limitada.


E ainda tem mais!


De 5 a 30 de setembro, das 9h às 17h, todos os visitantes do museu poderão conferir no auditório dois episódios especiais da “Aventura na Super Lua” e também o primeiro episódio inédito da terceitra temporada de PJ Masks. Essas ações especiais fazem parte da comemoração aos 50 anos da chegada do homem à Lua! Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia).


PJ Masks é uma série animada de televisão infantil, exibida no país nos canais Disney Junior e TV Cultura, a animação é baseada na coleção de livros Les Pyjamasques, do renomado autor francês Romuald Racioppo. A primeira temporada de PJ Masks estreou no Brasil em setembro de 2016, a segunda temporada estreou em 2018 e a terceira temporada estreia em setembro de 2019 no canal Disney Junior.


Quem quiser também pode aproveitar para curtir o Museu Catavento, um espaço curioso e interativo, todo pensado na garotada. Para se ter ideia, na categoria Museus do Prêmio Traveller’s Choice 2016, do Trip Advisor, maior site de viagens do mundo, o Catavento Cultural está no ranking dos 10 melhores do País e 12 melhores da América do Sul. Recomenda-se a visitação para crianças acima de sete anos. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia). Entrada gratuita às terças-feiras.


 


Vai de transporte público? É só descer na estação de metrô Pedro II ou no terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II. O estacionamento custa R$15 até 4 horas (para visitantes do museu), com adicional de R$5 por hora (capacidade para 200 carros).


Leia também em: https://saopauloparacriancas.com.br/passeio-gratis-museu-catavento-pj-masks-ao-vivo/


 


 


GRÁTIS NO FERIADO: NO DIA 7 DE SETEMBRO ACONTECE MUSEU DO IPIRANGA EM FESTA COM DIVERSAS ATIVIDADES CULTURAIS


thumb-1
sp_para_criança-museu-do-ipiranga-em-festa-800x400
thumb-1
sp_para_criança-museu-em-festa-ipiranga
thumb-1
sp_para_crianças-pedro-alvares-1-museu-ipiranga-festa


A terceira edição do Museu do Ipiranga em Festa acontece no Parque da Independência no dia 7 de setembro, sábado. O evento é resultado da parceria entre a USP (Universidade de São Paulo) e o Sesc e tem como objetivo chamar a atenção para o Museu do Ipiranga, discutindo os vários sentidos do termo independência e dando voz aos excluídos da história oficial.


Entre os destaques ciranda com Lia de Itamaracá, Tambor da Crioula, Jongo, Congada, peças de teatro, intervenções, aulas de libras e tour guiados para conhecer a história do Museu do Ipiranga. Tudo grátis, com atividades das 10h às 19h30.


Lembrando que o prédio em si está fechado para obras de revitalização até 2022, mas no passeio turístico o visitante é convidado a percorrer pontos históricos do parque, cada ponto importante entorno do museu, que guarda uma série de curiosidades!


 


PROGRAMAÇÃO


Sábado, 7 de setembro


Das 10 às 18h – Visitas Educativas ao Museu do Ipiranga em Festa, no Mezanino Nazaré


O público será convidado a conhecer a história do Museu do Ipiranga e do Parque da Independência por meio de 4 percursos acompanhados por educadores. Será possível realizar mais de uma visita ao longo do dia e as inscrições serão feitas no próprio ponto de encontro do evento.


Os roteiros propostos são: Como foi celebrado o primeiro centenário da Independência do Brasil?; Parque da Independência para crianças; Um Museu para o Monumento do Ipiranga; Cidade Aumentada: conhecendo o parque com recursos de realidade aumentada. Entrega de senhas no local com 30 minutos de antecedência.


Das 15h às 17h – Escola de libras, no Mezanino Nazaré


Em 2011 o Corposinalizante criou uma escola nômade de língua de sinais: um carrinho repleto de dispositivos – papéis, canetas, imagens, banquinhos, palavras, objetos cotidianos – que já circulou por parques, ruas e espaços culturais da cidade de São Paulo. Nele, ergue-se uma bandeira, com uma sentença e uma pergunta grafadas: “aprenda uma outra língua oficial brasileira!” e “o que você quer aprender em língua de sinais?”. Para se comunicar com pessoas ouvintes, muitos surdos lançam mão de uma série de dispositivos que não os impedem de ir e vir pela cidade.


Das 10h às 12h ou das 14h às 16h – Sericleta, no Mezanino Xavier


Oficina de serigrafia montada sobre uma bicicleta, com atividades como produção de cartões


Das 10 às 18h – Remotupy, nos Jardins do Museu


Para os festejos em comemoração do 7 de Setembro, o coletivo apresentará o remotupy: uma canoa triciclo elétrica, que passeará pelos jardins de parque lembrando os transeuntes que ali passa o rio do Ipiranga.


Das 12h às 13h – Brinquedos Poéticos, no Mezanino Nazaré


Brinquedos que nascem de palavras: você já viu uma SERPENTE feita só de pentes? Ou uma brincadeira feita de cadeira? Aqui são apresentadas provocações com o nome dos objetos do cotidiano que viram bichos e brinquedos e também adivinhas de O que é, o que é?


Das 10h às 18h – Magranga Cirko, no Mezanino Xavier


Malgranda quer dizer pequeno em esperanto (língua de origem do nome Suno). É um mini-circo, com pano de roda, espias, camarim, picadeiro e 40 lugares. Nele são apresentados shows exclusivos, com números de mágica, contorcionismo, malabarismos, acrobacias e equilibrismos, com duração média de 20 minutos.


Das 14h às 15h – Des.Cantadas, no Gramados do Parque


Propondo uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade e na construção de um mundo mais justo e igualitário, a intervenção Des.Cantadas, do Circo di SóLadies convida o público a conhecer novas versões de músicas infantis e de alguns sucessos da música popular brasileira. Três palhaças interagem com o público enquanto circulam pelo espaço com seus instrumentos musicais e muito riso e improviso.


Das 14h às 15h – História do Brasil, nos Jardins do Museu


O espetáculo História do Brasil procura explicar os principais acontecimentos históricos do Brasil, desde a chegada de Pedro Álvares Cabral até os dias atuais, de forma lúdica e musical. Os acontecimentos são tratados com leveza e humor, focando na formação dos pilares da estrutura social brasileira. Passaremos pelos períodos da Colônia, Reino Unido, Império e República, por cada uma das sete Constituições que já vigoraram e por algumas das principais mobilizações populares que existiram ao longo de nossa história.Texto e Direção: Alexandra Golik.


Das 10h às 11h – Passeio Brincante, na Alameda Xavier


Intervenção artística inspirada em manifestações populares brasileiras traz ao público infantil a possibilidade de experimentação do brincar em diálogo com ritmos, cores e a corporalidade de um Brasil ainda pouco acessado por pelo grande público.


Das 11h às 12h e das 15h às 16h – Sapatos Brancos, na entrada pela Rua dos Patriotas


Espetáculo investiga temas e questões que envolvem tradições pertinentes ao carnaval paulistano, as suas escolas de samba e especialmente o ritual presente na dança do Mestre Sala e Porta Bandeira. Duração – 60 minutos


Das 13h às 14h – Lavagem com flores e perfumes, na Praça Cívica


Cortejo em que Nega Duda vai conduzindo as sambadeiras e os percussionistas entoando cantigas e derramando perfume e flores. Local: Praça Cívica


Das 13h às 17h – RÉS – Fragmentos Performáticos, no Mezanino Xavier


Uma análise artística e poética através da dança sobre as estatísticas que envolvem o sistema de encarceramento em massa no Brasil. A dança se apresenta como potência direta para traduzir esse tema tão singular. Cinco corpos femininos e negros compartilham as diversas possibilidades de reflexão e denúncia de um aspecto social que está sempre à margem das discussões.


Das 13h às 14h – Bando! No Mezanino Nazaré


“BANDO!” propõe uma invenção nas relações entre mundos e nichos distintos. Como construir um bando em que cada integrante desse bando decide juntos seguir uma travessia, porém lidando com suas particularidades? Grupo, pacto, descarga, desejo, transformação, reinvenção, conflito, alívio, medos, instabilidade, confiança.


Das 14h às 15h – Jongo, na rua dos Patriotas


O Grupo de Jongo Mistura da Raça realizará vivências abertas com transmissão oral dos fundamentos e tradições com roda aberta reunindo toques, danças, cantos e demais elementos do Jongo, manifestação cultural afro brasileira.


Das 15h às 16h – A Carne do Coco, Mezanino Xavier


Um espetáculo de dança inspirado nos bailes populares de terreiros e capoeiras, nas quais a festa do coco de roda, – também conhecida como sambada, baião ou baiano, assim comumente denominada por seus brincantes e adeptos – em fusão com o carimbó do Pará trará a matriz desse encontro festivo, uma verdadeira “bailada” brasileira.


Das 16h às 17h – Espiral Brinquedo Meu, na entrada pela Rua dos Patriotas


Espiral Brinquedo Meu é a primeira montagem teatral de Helder Vasconcelos, após 11 anos de atividades com grupo musical Mestre Ambrósio. O espetáculo reúne ritmos, canções e figuras, criadas a partir de sua relação com o Cavalo Marinho e o Maracatu Rural.


 


Das 15h às 16h30 – Pequeno Museu teatral da memória, na Esplanada


Com o grupo de idosas do Curso de Jogos Teatrais. Direção Marcelo Soler.


Das 16h30 às 17h30 – Brasirima, na Esplanada


Brasirima é uma batalha de improviso de rimas onde os rimadores duelam partindo de assuntos e formatos pré-estabelecidos e tem por objetivo inspirar e instigar novos artistas urbanos. Ao longo do mês de agosto serão realizadas etapas do Brasirima cujos assuntos estarão associados ao Museu do Ipiranga e, no dia 7 de Setembro os finalistas se encontrarão para a batalha final, onde o público será o júri. Nesse dia o público interessado também poderá participar da oficina de rima.


Às 10h, às 11h, às 14h e às 15 – Caminhada para conhecer árvores e plantas, com intérprete de Libras | ponto de encontro na Alameda Nazaré


Durante a caminhada é feito o reconhecimento da vegetação do Parque da Independência por meio do que é único em cada espécie. O público é estimulado a apreciar a diversidade da morfologia e o que é único de cada espécie: flores, folhas, textura de troncos, arquitetura de copas, frutos e sementes.


Das 11h às 12h – Flor da Aroeira, no Mezanino Nazaré


A proposta do Tambor é ir além da apresentação ou do espetáculo e oferecer uma vivência da cultura popular para o público onde não há espectadores. A roda é um convite, um espaço aberto para compartilhar conjuntamente da música e da dança trazida pelos integrantes. Artistas e público unem-se e confundem-se para constituir a força da roda no ritmo da batida do tambor, do canto coletivo e da dança feminina.


Às 10h e às 13h – Maracatu Baque Mulher, na Rua dos Patriotas


Grupo de Maracatu formado por mulheres promove um espaço de encontro, troca e aprendizado da cultura do Maracatu de Baque Virado. Local: Rua dos Patriota


Das 16h45 às 17h45 – A Espetacular Charanga do França, na Esplanada


Idealizada em Janeiro de 2013, no período de pré-carnaval, a banda, liderada por Thiago França propõe uma releitura das tradicionais charangas brasileiras, colocando-as num espaço de interpretação mais amplo onde se encontram: Cumbia, Maxixe, Samba e Ragga, entre clássicos e composições próprias. A Espetacular Charanga do França reúne 8 músicos de sopro e percussão.Duração: 60 minutos.


Das 14h30 às 15h30 – Orquestra Jazz Sinfônica, na Praça do Monumento


Composta a partir da união entre a orquestra erudita e a big band, a Jazz Sinfônica completa 30 anos dedicados à música popular brasileira com roupagem sinfônica. No Museu do Ipiranga em Festa presta homenagem a João Gilberto a partir de arranjos para canções que marcaram a carreira do artista. 


Das 16h às 17h – Cirandando no Museu, na Praça Cívica


Lia e grupo chegam no Museu do Ipiranga convidando o público a cirandar e abraçar o símbolo histórico de São Paulo. Como acontecem nas praias de Itamaracá o público é convidado a entrar no ritmo das ondas do mar em uma manifestação coletiva chamando pessoas de todas as idades, gênero, cor ou condição social para dançar ciranda. Como diz o verso da canção de Capiba “Pra se dançar ciranda, juntamos mão com mão, formando uma roda, cantando uma canção.”


Das 18h30 às 19h30 – Concerto Museu em Festa, na Praça do Monumento


A Orquestra Sinfônica da USP apresenta programa alegre e festivo em evento comemorativo no Museu do Ipiranga. Como ocorre tradicionalmente, a OSUSP une-se ao CORALUSP para promoverem o concerto de encerramento do evento. No repertório, apresentam obras dos compositores brasileiros Carlos Gomes, Heitor Villa-Lobos e Camargo Guarnieri, além do Hino Nacional Brasileiro e do Hino da Independência do Brasil, no local onde há 197 anos ocorreu o grito do Ipiranga.


Das 12h às 16h Meninxs, no Mezanino Nazaré


“MENiNXs” é um intervenção que usa técnica de teatro de objetos e tem como inspiração o poema “O Menino Azul” de Cecília Meireles. Dois personagens, uma criança e um burro, com uma delicada melodia musical, brincam e levam cada espectador a um passado que só ele viveu. “MENiNXs” trabalha na intimidade, buscando memórias antes esquecidas no cotidiano. Cada apresentação é feita individualmente e tem duração de 4 minutos.


15h – Congada de Santa Efigênia, na Rampa do Museu


Ícone da cultura tradicional brasileira e paulista, a Congada de Santa Ifigênia é uma manifestação afro-católica gestada a partir das heranças culturais dos africanos vindos ao Brasil. Com fortes evidências ligadas às culturas Banto, seus integrantes cantam e dançam para santos católicos, reis e rainhas congos(as), mantendo a tradição trazida pelos escravos.


Leia também: https://saopauloparacriancas.com.br/gratis-feriado-7-setembro-museu-ipiranga/


 


Atenção: Todas as informações são de responsabilidade dos organizadores do evento e estão sujeitas a modificações sem prévio aviso. As informações foram checadas pela equipe de reportagem do São Paulo para crianças em Agosto de 2019. Antes de sair de casa, confirme os dados com o destino, para evitar imprevistos.

CONHEÇA MAIS SEU ARTISTA

U2