ALPHA PRÓ-VACINA

Dia da Imunização: saiba quais são os motivos para você se vacinar em 2021

Até o momento, mais de 75 milhões já foram vacinados contra a Covid-19 no Brasil

Por: Nicole Defillo
09/06/2021 - São Paulo

Dia da Imunização: saiba quais são os motivos para você se vacinar em 2021

Hoje, 9 de junho, o Brasil comemora o Dia Nacional da Imunização. Atualmente, tanto no nosso país como no mundo, a vacinação nunca foi tão popular e valorizada. Por isso, a data foi criada com o intuito de chamar a atenção para a importância da imunização. 


Anualmente, o Ministério da Saúde estabelece um calendário nacional de vacinação atualizado por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). A ideia é manter uma série de vacinas em circulação para proteger pessoas de todas as idades, fornecendo ao público mais de 40 imunobiológicos diferentes de forma totalmente gratuita.


Mesmo combatendo a Covid-19, vale lembrar que não podemos ignorar outras doenças que ameaçam a nossa saúde. Essa é uma forma eficaz de combater enfermidades que afetam diferentes grupos de pessoas, como caxumba, tétano, sarampo, poliomielite, gripe entre tantas outras. 


O que são as vacinas e como funcionam?


As vacinas são substâncias usadas para estimular nosso corpo a produzir uma resposta imunológica, ou seja, os anticorpos. O objetivo principal é nos proteger de uma ou mais doenças. 


Por esse motivo, elas contém os patógenos infecciosos que não são inseridos ativamente no corpo, isto é, eles não podem se tornar um agente causador de uma determinada doença. Sua presença no corpo só nos permite produzir os anticorpos necessários para combatê-la, eventualmente.


A imunização é realmente importante?


O desenvolvimento do sistema imunológico humano começa durante a gravidez. Os recém-nascidos são frágeis e vulneráveis​​ a doenças e infecções, que os adultos, provavelmente, já desenvolveram os anticorpos. Por isso, é necessário ajudar o organismo a evoluir e buscar uma proteção adequada, ou seja, quanto mais cedo a criança for imunizada, melhor para sua saúde. 


De acordo com a Associação Brasileira de Imunização, a cobertura vacinal do Brasil para certas doenças, como a poliomielite, não é satisfatória mesmo em 2020 e 2021. Os dados desta entidade apontam que mesmo antes da Covid-19, a imunização contra a pólio era de 80%, sendo que o ideal seria uma porcentagem de 95% dos brasileiros.


É importante lembrar que o Ministério da Saúde fornece as doses de imunização necessárias para cada idade. Até os 10 anos, as vacinas e reforços são usados ​​para combater doenças que podem surgir devido à exposição na escola. Já nos adolescentes, as principais recomendações são para meningite meningocócica e vírus HPV. 


Ao longo da vida, a importância das vacinas não diminuirá. Tanto os adultos como os idosos precisam de proteção: o local de residência, a idade e o histórico são levados em consideração na vacinação.


Confira o calendário anual de vacinação no site oficial do Ministério da Saúde


Vacina da gripe X Covid-19


No dia 12 de abril, o SUS (Sistema Único de Saúde) iniciou a vacinação contra a gripe, ao mesmo tempo que já estava vacinando contra a Covid-19. Contudo, muitos brasileiros ainda têm uma dúvida em comum: "eu realmente preciso tomar as duas vacinas?". A resposta é sim!


A vacina da gripe é responsável por dar ao nosso corpo a proteção necessária contra as infecções respiratórias causadas pelo vírus Influenza tipo A - mais conhecido como H1N1 - e que deve ser tomada ano após ano. Já a vacina Coronavac ou a Astrazeneca, são capazes de proteger apenas das infecções em decorrência do Coronavírus.


Apesar disso, o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBIM) não recomendam que os dos imunizantes sejam tomados juntos. Isso ocorre porque há uma falta de pesquisas para comprovar a segurança e eficácia da vacina contra Covid-19, apenas nessa situação específica.


Por meio de uma nota, o Programa Nacional de Imunizações enfatizou que as contra-indicações não são absolutas. Em situações de emergência, como o uso de soro para picada de animais peçonhentos ou vacina anti-rábica, o intervalo mínimo recomendado de 14 dias antes e depois, pode ser ignorado.


Para conferir o calendário de vacinação contra a Covid-19 atualizado, clique aqui


Veja o cronograma de vacinação contra a gripe no estado de São Paulo:


 Fase 1 (12/04)


-Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade,


-Gestantes e puérperas


-Povos indígenas


-Trabalhadores da saúde


-Profissionais da Companhia de Engenharia de Tráfego - CET (a partir de 14/04)


 Fase 2 (11/05)


-Idosos com 60 anos e mais


-Professores das escolas públicas e privadas


Fase 3 (09/06)


-Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais


-Pessoas com deficiência permanente


-Forças de segurança e salvamento e forças armadas


-Caminhoneiros


-Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso


-Trabalhadores portuários


-Funcionários do sistema prisional


-Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas


-População privada de liberdade.

Veja também

O consumo excessivo de café pode causar doenças?
WELLNESS

O consumo excessivo de café pode causar doenças?

A bebida é estimulante, pois atua diretamente no sistema nervoso central

22/06/2021 - São Paulo

Lana Del Rey completa 36 anos: conheça um pouco da trajetória da artista.
CULTURA & ENTRETENIMENTO

Lana Del Rey completa 36 anos: conheça um pouco da trajetória da artista

Romances melancólicos e estética Old Hollywood são a marca da artista

21/06/2021 - São Paulo

20 de junho, Dia Internacional do Surfe
CULTURA & ENTRETENIMENTO

20 de junho, Dia Internacional do Surfe

Entre nessa onda e saiba mais sobre o esporte

20/06/2021 - São Paulo