OLIMPÍADAS

Especial Olimpíadas 2021: Judô

Especial olímpico traz curiosidades de cada esporte presente nos jogos de 2021

Por: Nicole Defillo
19/07/2021 - São Paulo

Judô

O judô brasileiro é um dos esportes que vem ganhando muito destaque internacionalmente nos últimos e, consequentemente, não podemos esperar menos dessa modalidade nas Olimpíadas de Tóquio 2021. 


Mas, antes de falar da modalidade na competição mais importante do mundo esportivo, é preciso conhecer a sua história e algumas regras básicas para praticar essa atividade física. 


Contexto histórico


Criado há mais de 120 anos, o judô é um esporte que está sempre mudando e evoluindo. Contudo, as técnicas básicas existem desde a criação do Instituto Kodokan, por Jigoro Kano, em 1882. Mais do que dar início a um tipo de luta, o Jigoro Kano desenvolveu uma arte marcial na qual a evolução do praticante fosse sempre acompanhada de um avanço mental. 


O judô apareceu pela primeira vez nas olimpíadas em Tóquio, no ano de 1964, porém apenas como demonstração. Porém, Foi somente em 1972 que a modalidade entrou na agenda oficial competitiva, nos Jogos de Munique. 


Em 1992, na cidade de Barcelona, as mulheres começaram a disputar medalhas olímpicas neste esporte. Naquele ano, duas atletas espanholas, duas francesas, uma chinesa, uma cubana e uma sul-coreana levaram o ouro para casa.


Regras básicas do Judô


Apesar das diferentes técnicas desenvolvidas desde o início do século XX, o objetivo do esporte é, durante 5 minutos, combater e finalizar o adversário ou desequilibra-lo, fazendo com que ele caia totalmente com as costas no chão.


Até o momento, existem sete categorias de peso no masculino (60kg, 66kg, 73kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg) e sete no feminino (48kg, 52kg, 57kg, 63kg, 70kg, 78kg e +78kg).


Destaques brasileiros


Os maiores destaques da atualidade são: Rafaela Silva, Mayara Aguiar, Maria Suelen Altheman e Eduardo Yudy Santos. Confira uma mini biografia de cada um:


Rafaela Silva - em agosto de 2013 tornou-se a primeira brasileira a se sagrar campeã mundial de Judô. Três anos depois, em agosto de 2016, conquistou a medalha de ouro da categoria até 57 kg nas Olimpíadas Rio 2016. Com isso, se tornou a primeira atleta da história do judô brasileiro, entre homens e mulheres, a ser campeã olímpica e mundial.



Mayara Aguiar - a medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímpicos Rio 2016 fez dela a primeira atleta brasileira a ganhar duas medalhas olímpicas em um esporte individual.



Maria Suelen Altheman - Maria foi uma das representantes do país nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, no México, e ganhou a medalha de bronze na categoria acima de 78 kg. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 obteve o quinto lugar na categoria acima de 78 kg. 



Eduardo Yudy Santos - Eduardo ganhou uma medalha no Campeonato Mundial de Judô 2019. Em 2020, ele conquistou a medalha de prata no evento masculino 81 kg no Campeonato Pan-Americano de Judô 2020, realizado em Guadalajara, no México.


Veja também

Especial olímpico traz curiosidades de cada esporte presente nos jogos de 2021
OLIMPÍADAS

Especial Olimpíadas 2021: Futebol

Especial olímpico traz curiosidades de cada esporte presente nos jogos de 2021

02/08/2021 - São Paulo

Confira grandes nomes da música nordestina, essenciais para a cultura brasileira.
CULTURA & ENTRETENIMENTO

Semana da Cultura Nordestina

Confira grandes nomes da música nordestina, essenciais para a cultura brasileira

02/08/2021 - São Paulo

6 estreias nos streamings em Agosto
CULTURA & ENTRETENIMENTO

6 estreias nos streamings em Agosto

As principais plataformas de filmes trazem novidades no catálogo

01/08/2021 - São Paulo