CORONAVÍRUS

Governo de SP anuncia 'Fase Emergencial' da quarentena

Medidas mais restritivas terão início no dia 15 de março

Por: Larissa Martin
11/03/2021 - São Paulo

Governo de SP anuncia

O governo paulista anunciou, nesta quinta-feira (11), novas medidas de restrição do Plano São Paulo para tentativa de contenção da Covid-19. Na coletiva de imprensa, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes nesta tarde, o governador João Doria anunciou a 'Fase Emergencial' por, pelo menos, 2 semanas, do dia 15 a 30 de março. 


Cerca de 14 setores econômicos serão afetados pelo endurecimento das regras. Supermercados, por exemplo, só poderão funcionar até às 20h. Já lojas de material de construção, igrejas e atividades esportivas coletivas estarão suspensas. Serviços de retirada de alimentos e produtos nos estabelecimentos serão vetados no período, de forma que funcione apenas delivery. Haverá também toque de recolher entre às 20h e 5h, para controlar a quantidade de pessoas nas ruas. Foi também determinado o trabalho remoto obrigatório para atividades administrativas não essenciais. 


De acordo com a gestão, a intenção é reduzir a circulação de 4 milhões de pessoas na capital paulista. Entre as medidas, está o fechamento parcial de escolas da rede estadual para atendimento apenas de alunos vulneráveis que precisam de alimentação ou equipamento para o ensino remoto. Além disso, foi decidida a antecipação dos recessos escolares de abril e outubro para o período de 15 a 28 de março, sem prejuízo no calendário escolar.  Na rede privada e municipal a suspensão será opcional, mas as regras continuarão limitando a 35% o índice de ocupação nestes locais.


O governo também recomendou um escalonamento dos profissionais de setores autorizados a trabalhar que utilizam o transporte público. A medida tem como objetivo reduzir as aglomerações e filas nas plataformas e veículos. 


O endurecimento da quarentena, no entanto, é consequência do colapso no sistema de saúde paulista, que registra aumento recorde de internações nas Unidades de Terapia Intensiva, além da alta circulação de variantes mais transmissíveis do vírus. Ao todo, o estado registra agora 63 mil mortes desde o começo da pandemia, declarada há um ano pela Organização Mundial da Saúde.


Entenda o que muda



  • Escolas da rede estadual abertas apenas para merenda. A rede privada poderá funcionar com limite de 35% da capacidade;

  • Atividades religiosas não poderão mais acontecer presencialmente;

  • Campeonatos esportivos ficam suspensos;

  • Lojas de material de construção não poderão abrir (antes estavam como serviço essencial);

  • Trabalho remoto obrigatório para atividades administrativas não essenciais;

  • Retirada presencial proibida nos estabelecimentos, apenas delivery pode funcionar.

Veja também

Governo de SP anuncia vacinação para grupo de comorbidades
CORONAVÍRUS

Governo de SP anuncia vacinação para grupo de comorbidades

Gestão também informou sobre a imunização de funcionários do setor de transporte

20/04/2021 - São Paulo

imagem divulgação
ALPHA SOCIAL

Ação da Cidadania ajuda mais de 22 milhões de brasileiros

ONG já distribuiu 45 mil toneladas de alimentos

20/04/2021 - São Paulo

Enxaqueca: saiba como lidar
WELLNESS

Enxaqueca: saiba como lidar

Dores de cabeça frequentes atingem cerca de 30 milhões de brasileiros

20/04/2021 - São Paulo