NOTÍCIAS

Os cuidados para a segurança dos pets no carro

Animais devem ser transportados com guia e coleira

Por: Carolina Peliciari
04/12/2020 - São Paulo

Pets no Carro

Muitos cachorros adoram dar uma voltinha de carro com o focinho para fora da janela, mas isso pode ser muito perigoso para a segurança do animalzinho. Você sabe quais são os cuidados necessários para transportar cães e gatos no veículo? 


De acordo com a médica veterinária e fundadora da PetCare, Carla Berl, os cachorros não podem, em hipótese alguma, ser transportados com a cabeça para fora do veículo. “Toda hora atendemos animais que caíram para fora do carro, tiveram lesão ocular ou outro tipo de acidente. É perigoso. O melhor é transportar o animal com ar condicionado do carro ligado ou janelas abertas e dentro das caixinhas de transporte”.


Segundo a especialista, os animais não podem ficar soltos no veículo, já que isso pode colocar em risco tanto a segurança do pet quanto a de seu dono. “Temos que garantir que o pet fique no banco traseiro ou se tiver porta mala tipo SUV colocá-lo lá. Sempre deve estar com guia e coleira, inclusive existem cintos de segurança para pets. Ou então devem ser transportados dentro de caixa de transporte apropriada para eles”, recomenda a médica. 


Carla destaca, ainda, que animais de pequeno porte devem ser transportados em caixas ou bolsas apropriadas. “Gatos devem sempre ser transportados dentro de caixinha de transporte e recomendo filhotes abaixo de 6 meses também ou irem no colo de outra pessoa, de preferência, no banco traseiro”.


Durante as viagens de fim de ano, muitos donos optam por levar os seus animais de estimação junto, mas é necessário levar o pet até o veterinário para que o especialista avalie o local do passeio e faça as prevenções necessárias para evitar que o animal contraia alguma doença. “Regiões litorâneas têm incidência de doença do verme do coração (Dirofilariose), sendo necessário tomar o preventivo em forma injetável ou oral. Em áreas rurais, onde têm carrapatos em maior quantidade, é muito importante os preventivos de ectoparasitas, além de checarmos como está a vacinação anual do pet”, explica a dra. Carla. 


A especialista aponta que, em viagens longas, é importante oferecer água ao animal quando o período dentro do veículo for maior que 4 horas. Já em relação à alimentação, os pets podem ficar até 8 horas sem se alimentar, exceto filhotes, que precisam de comida pelo menos de 4 em 4 horas. 

Veja também

MENOPAUSA
WELLNESS

A importância da atividade física em todas as idades

Exercícios podem ajudar na diminuição do estresse e da retenção de líquidos

19/01/2021 - São Paulo

Vacinação no país começa nesta segunda-feira, segundo Ministério da Saúde
CORONAVÍRUS

Vacinação no país começa nesta segunda-feira, segundo Ministério da Saúde

Eduardo Pazuello esteve presente na cerimônia de distribuição da Coronavac

18/01/2021 - São Paulo

Sorrir reduz estresse e pode aumentar o sistema imunológico
WELLNESS

Dia do Riso: Especialistas citam benefícios para o bem-estar

Sorrir reduz estresse e pode aumentar o sistema imunológico

18/01/2021 - São Paulo