As 10 músicas mais importantes da carreira de Kesha, segundo a própria cantora

Uma das mais marcantes cantoras de pop dos anos 2000, Kesha relembrou os singles e momentos mais importantes de sua trajetória. Assim, ela contou em um bate papo com a Grammy Awards sobre seu crescimento pessoal e como tudo isso levou ao seu quinto álbum de estúdio, “Gag Order”, lançado em maio de 2023.

A nova fase de Kesha

Ao ouvir o novo álbum de Kesha, “Gag Order”, uma coisa fica imediatamente clara: ela não é a mesma garota que o mundo conheceu em 2009.

Embora a nova obra seja menos otimista do que os álbuns anteriores de Kesha, é a mais sensível e vulnerável como compositora. Ela passou por traumas públicos e lutas de saúde, que finalmente conseguiu superar, encontrando esperança novamente. Mesmo assim, não perdeu de vista a garota rebelde e autêntica que marcou sua fase de maior sucesso. 

“Há três álbuns que conheço na história da minha vida nos quais coloquei cada fibra do meu ser. Sã eles, ‘Animal’, ‘Rainbow’ e agora ‘Gag Order’”, disse Kesha ao Grammy.  “Estou, sem dúvida, muito orgulhosa do que o novo disco é e de quem me tornei durante esse processo.”.

Para comemorar o lançamento de “Gag Order”, Kesha analisou toda a sua discografia e selecionou as 10 músicas que considera mais importantes para sua história. Sejam elas envolvendo momentos engraçados, destaques de sua carreira, um processo de criação especial ou um momento favorito ao vivo. 

 

Confira as 10 faixas que mais marcaram a carreira da cantora, segunda ela;

 

“Tik Tok” – Animal (2009)

“Blow” – Cannibal (2010)

“Cannibal” – Cannibal (2010)

“Bastards” – Rainbow (2017)

“Praying” – Rainbow (2017)

“Raising Hell” – High Road (2020)

“Eat The Acid” – Gag Order (2023)

“Hate Me Harder” – Gag Order (2023)

“Only Love Can Save Us Now” – Gag Order (2023)

“Happy” – Gag Order (2023)

 

A cantora falou sobre seu maior sucesso, “Tik Tok”

Com certeza foi esse hit que impulsionou a carreira da cantora, moldou sua imagem e fez a sua voz ficar marcada nos ouvidos das pessoas. “Tik Tok” atualmente soma mais 2 bilhões de reproduções nos serviços de streaming e continua sendo um dos hits mais populares e emblemáticos da geração dos anos 2000.

Na entrevista, a estrela contou sobre o momento que percebeu que estava ganhando seu espaço dentro da indústria.

“Eu estava em uma longa viagem de avião de Los Angeles para Londres. Foi a primeira vez que fiz o upgrade para a classe executiva e lembro-me de ter pensado: ‘Meu Deus, isso significa que consegui?’

Logo atrás de mim estavam duas crianças, e elas foram muito irritantes durante toda a viagem. Por cerca de 13 horas, gritando e cantando. E eu me lembro de ter virado para a pessoa ao meu lado, que era meu empresário na época, e eu pensei, ‘Oh meu Deus, essas crianças são tão…’ e então eles começaram a cantar ‘Tik Tok’, e eu mudei completamente de semblante.

Eu simplesmente comecei a rir. E pensei comigo mesmo:Bem, estou ouvindo duas crianças de 5 anos cantarem sobre escovar os dentes com uma garrafa de Jack. Ou seja, agora as amo.’

Em um momento eu estava cantando em um clube em Los Angeles chamado Echo para cerca de 20 pessoas. Tempo depois, “Tik Tok’ saiu, e meu próximo show foi no Lollapalooza, e havia um mar de gente no palco. E eu estava realmente confusa. Achei que talvez eles tivessem aparecido na hora errada. E então, quando comecei a tocar, todos estavam cantando ‘Tik Tok’ para mim, e foi extremamente emocionante. Esse foi outro momento em que pensei: “Oh, isso está prestes a mudar a trajetória de como será minha vida agora”.

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados