Dia do Esportista: não é preciso ser atleta para comemorar

Apesar do nome, não é preciso ser nenhum atleta para comemorar esta data

Nesta segunda-feira (19), é comemorado o Dia do Esportista. A data comemorativa não é recente, sendo criada na década de 1990, com a chamada Lei Zico. Desde então, este dia tem como objetivo servir de lembrete sobre a importância da prática esportiva no dia a dia.

Entretanto, apesar do nome, não é preciso ser nenhum atleta para comemorar esta data. Pelo contrário, o Dia do Esportista é tão importante para aqueles que praticam atividades físicas quanto para quem não pratica.

Isso porque o simples ato de separar algum período da rotina para se exercitar pode trazer um resultado imenso para longo prazo na vida. Entretanto, nem metade da população brasileira realiza alguma atividade física, de acordo com o Ministério da Saúde.

Perigos de não praticar esportes no dia a dia

Além dos problemas de saúde mais conhecidos, como a obesidade, a falta de esportes na rotina também pode causar:

  • Diabetes;
  • Baixa imunidade;
  • Hipertensão;
  • Agravamento de problemas gastrointestinais, como gastrite, refluxo e intestino desregulado.

Benefícios da prática de atividades físicas

Se exercitar não apenas traz benefícios estéticos, como perda de peso, como muitos buscam. Na verdade, os principais ganhos com essas ações são de uma qualidade de vida prolongada, com menos estresse, cansaço e dores no corpo. Assim, confira alguns outros benefícios abaixo:

  • Fortalece os músculos.
  • Melhora a frequência dos batimentos cardíacos e a circulação sanguínea.
  • Reduz a ansiedade e a depressão.
  • Evita ou controla doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e osteoporose.

Como começar a se exercitar

Todo começo é difícil, mas não impossível. Também, é preciso reconhecer as suas limitações e não cair de cabeça logo de cara, pois, assim, as chances de desistência aumentam somado à sua frustração com este tema.

Na prática, comece devagar e aos poucos. Ademais, não é necessário já correr para se matricular na academia mais cara que você conheça. A boa e velha caminhada, que pode ser feita no seu próprio bairro, pode ser a sua melhor escolha neste período.

Entretanto, se você já tem familiaridade com algum esporte, ou mesmo tem interesse em aprender, também pode ser uma boa. Alguns exemplos são lutas ou mesmo esportes como futebol, basquete e vôlei.

Mas, vale lembrar que, com o tempo, é recomendado o auxílio de algum profissional. Isso te trará mais segurança e assertividade nos resultados que busca com a prática esportiva.

Leia também: Dia da Leguminosa: como comer mais legumes

Por: Giovana Marchesini

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados