Men at Work: conheça o grupo que fez sucesso na década de 80

Donos de um Grammy Award e milhões de discos vendidos, Men at Work marcou a década de 80

Men at Work é uma banda australiana de pop rock com fortes influências de reggae e new wave. Formado em 1979, o grupo, em sua formação clássica, era composto por cinco integrantes, sendo eles: Colin Hay, vocalista principal e guitarrista; Ron Strykert, guitarrista; John Rees, baixista; Greg Ham, que cuidava do saxofone, flauta, teclado e gaita; além de Jerry Speiser, responsável pela bateria.

A banda teve sucesso logo cedo, na década de 80, conquistando o prêmio Grammy Award de artista revelação em 1983. Isso porque o primeiro álbum produzido, “Business as Usual”, em 1981, estreou com um enorme sucesso mundial, vendendo seis milhões de cópias apenas nos Estados Unidos. Assim, entre os maiores sucessos da primeira era de Men at Work, estão os hits “Be Good Johnny”, “Down Under” e “Who Can It Be Now?”.

Aliás, o segundo álbum do grupo veio pouco tempo depois, em 1983, com “Cargo”. Entretanto, este não alcançou o topo das paradas como “Business as Usual”, mas, mesmo assim, vendeu três milhões de cópias nos EUA. Nesta era, três singles foram lançados, sendo: “Overkill”, “It’s A Mistake” e “Dr. Heckyll And Mr. Jive”.

Separação da banda

Mesmo com o grande sucesso do primeiro álbum e uma base consolidada de fãs ao redor do mundo, o Men at Work se separou em 1985. Na época, a banda demitiu o baterista Jerry Speiser e, com ele, também se foi o baixista John Rees.

Contudo, mesmo desfalcado, Men at Work lançou seu terceiro disco, intitulado “Two Hearts”. No entanto, o grupo sentiu que o público não recepcionou bem o álbum. Essa foi a gota d’água para a saída de outros dois membros: Ron Strykert e Greg Ham. Assim, só sobrou o vocalista Colin Hay, que não se rendeu a aposentadoria e continuou performando em carreira solo.

Colin Hay e sua carreira solo de sucesso

Colin James Hay nasceu na Escócia em 29 de julho de 1953. Ficou conhecido por ser vocalista da banda Men at Work, mas também se consolidou no cenário musical como artista solo após o fim do grupo. Ele já lançou quinze álbuns, a maioria independentes, desde que começou a se apresentar sozinho nos palcos.

Seu trabalho de estreia se deu em 1987, com “Looking for Jack”. Nove das dez faixas foram escritas por Colin. O segundo álbum do cantor foi “Wayfaring Sons”, lançado em 1990. Já o mais recente, “Now and the Evermore”, saiu em 2022.

Ademais, Colin Hay participou do Rock in Rio em 1991 e tocou na mesma noite de outros astros, como Prince e Joe Cocker. A vinda ao festival carioca se deu ao grande sucesso do single “Into My Life”, de seu segundo disco solo, “Wayfaring Sons”. Aliás, o hit fez parte da trilha sonora da novela “Rainha da Sucata”, escrita por Maurício Mattar e exibida pela TV Globo em 1990.

Mas essa não foi a única participação do artista em produções audiovisuais. Colin também fez parte da trilha sonora do filme “Garden State”, de 2004, com a música “I Just Don’t Think I’ll Ever Get Over You”.

A volta da banda e passagem pelo Brasil

O vocalista Colin Hay e o músico Greg Ham se reagruparam em 1996 e saíram mundo a fora em uma turnê com outros instrumentalistas contratados. O reencontro resultou também na vinda dos dois ao Brasil, onde gravaram um show em São Paulo que deu origem ao álbum “Brazil”, de 1998. O setlist da apresentação contou com quase todas as músicas da carreira solo de Colin.

Entretanto, Hay e Greg Ham deixaram de se reunir como Men at Work na década de 2000. A última vez deles lado a lado utilizando o nome da antiga banda foi em 2009, durante um programa de televisão beneficente na Austrália.

Morte de Greg Ham

Greg Ham, músico que cuidava do saxofone, flauta, teclado e gaita do grupo Men at Work, foi encontrado morto aos 58 anos por um grupo de amigos em 19 de abril de 2012. Ele estava em uma casa no subúrbio de Melbourne. A causa da morte foi por ataque cardíaco.

Hits de Men at Work

Mesmo com poucos discos, o grupo Men at Work carrega vários sucessos. Entre eles, “Down Under”, que é considerado pelos fãs o novo hino da Austrália.

Lançado em 1981, “Down Under” faz parte do álbum “Business as Usual”, disco de estreia da banda. Contudo, os integrantes não esperavam o sucesso que a canção alcançou.

Entre as maiores conquistas, a canção ficou em primeiro lugar nas paradas do Reino Unido, se tornando a primeira música deles a entrar nos “Top 20” daquele país. Ademais, “Down Under” concluiu a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000.

Sobre a letra, Colin Hay disse que o hit é uma forma de celebrar a Austrália, mas não de uma forma nacionalista ou no sentido de agitar bandeiras.

Entre os demais sucessos da banda, estão:

  • Who Can It Be Now – 1981 (Business as Usual)
  • Be Good Johny – 1981 (Business as Usual)
  • Overkill – 1983 (Cargo)
  • It’s a Mistake – 1983 (Cargo)

Formação atual

De certa forma, o Men at Work segue na ativa, contendo apenas Colin Hay como remanescente da formação original. Jimmy Branly (bateria), San Miguel Perez (guitarra), Yosmel Montejo (baixo), Scheila Gonzalez (saxofone, flauta, teclados) e Cecilia Noël (backing vocals) compõe o lineup atual.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados